Ir para conteúdo
NFC3SPECTRO

[Think] Debriefing [Concepts]

Recommended Posts


O significado popular do debriefing é o de "contar sobre o que aconteceu" com um sentido de revisar ou repassar uma experiência ou ações para obter ordem e significado em relação ao que foi relatado.É um processo estruturado que também avalia as contribuições de vários participantes na determinação do sucesso ou fracasso da operação. Os processos podem envolver receber uma explicação; receber informações e lembretes do contexto baseados em situações; e, relatórios de medidas de desempenho e / ou oportunidades para investigar os resultados de um estudo, investigação ou avaliação de desempenho após a participação em uma atividade imersiva estar completa. Essencialmente, estamos falando de um processo sistemático para capturar e disseminar lições aprendidas após a realização de uma atividade, projeto, marco ou operação.

PROCESSO DO DEBRIEFING


1. Realizar o mais breve possível, após a ação.
2. Antes da sessão de debriefing, ter em mãos informações sobre:

  • 2.1.Plano de fundo,
  • 2.2. Estruturação das unidades
  • 2.3. Papel de cada unidade na batalha
  • 2.4.  Resultado da ação

3. O debriefing consiste em uma reconstrução cronológica do evento em seus detalhes mínimos (para entender e aprender com a ação, não como encontrar falhas).
4. Todos os que participaram da ação participam da sessão. Nenhum outro pode participar (embora novas substituições à unidade possam ser permitidas para ouvir se os veteranos concordarem).

5. Todos os postos são postos de lado durante a sessão e todos os participantes têm status como testemunhas.

6. Após a “modelagem” inicial (processo de 1 a 5) o debriefing é conduzido pelo próprio comandante da unidade.

7. Todo o grupo participa da reconstrução da ação em todos os seus detalhes. Cada soldado é encorajado (mas não forçado) para adicionar sua própria versão às contas dos outros soldados.

8. Todas as informações e todos os pontos de vista de cada etapa da ação são coletados dos participantes.

9. Informações ambíguas e declarações contraditórias são registradas pelo entrevistador demonstrando a complexidade das interações humanas durante um evento.

10. Críticas e tentativas de ensinar são desencorajadas. Nenhuma descrença aberta no testemunho de qualquer testemunha é expressa pelo entrevistador.

11. Nenhuma tentativa é feita para chegar a um acordo entre os participantes. Conclusões prematuras e encerramento são evitadas.

12. O debriefer cria e mantém uma atmosfera agradável e facilita a comunicação e a abertura durante toda a sessão.

13. Reações emocionais são reconhecidas e validadas, mas não são enfatizadas. Nenhum psicológico deliberado intervenção (por exemplo, esclarecimento, interpretação) é tentada pelo debriefer.

14. A sessão não é limitada no tempo e continua durante o tempo necessário para alcançar o abrangente descrição do evento. Pode adiar temporariamente as pausas e recomeçar depois de comer e dormir.

PRINCÍPIOS DO DEBRIEFING
1. Crie um ambiente neutro: a franqueza é essencial. Um líder deve fazer o que puder para criar um ambiente construtivo e neutro. O ambiente de debriefing deve ser um lugar sagrado, onde o objetivo é estritamente melhoria e aprendizado. 

2. Tenha um processo e explique-o toda vez que você responder. Crie, publique e adira a um processo que faz sentido para sua equipe. 

3. Cultura própria ou identidade do grupo (armalusa ou clans). Por exemplo, algumas unidades militares seguem uma política de “pessoal júnior primeiro. ”Cada pessoa destaca os seus pontos na ordem inversa da antiguidade / classificação para evitar opiniões pesando no pensamento do pessoal júnior.

4. Mantenha o foco e o tom da comunicação no Debriefing, quando temos equipes de alto desempenho é natural termos líderes das mais variadas personalidades e forças, assim egos podem ficar feridos, temperamentos podem esquentar-se, especialmente em discussões sobre a equipe ou onde os indivíduos podem ou devem melhorar o seu desempenho.
5. Para que as contribuições das narrativas sejam positivas e concisas é necessário instituir uma política de solicitação de informações, sejam por ondem de posto, o uso de um mediador em geral o posto mais alto ou postos e etc.


FONTES:
DEBRIEFING FOLLOWING COMBAT
WIKIPEDIA DEBRIEFING

EXBELLUM EFFECTIVE DEBRIEFING

 

A.P.A (ANÁLISE PÓS AÇÃO) DO CFOD (COMANDO DAS FORÇAS DE OPERAÇÕES DELTA)
Há tempos que lido com os famosos DEBRIEFINGS, desde o ARMA2 e rever isso aqui no ARMALUSA é gratificante pois me dá a oportunidade de rever meus conceitos e sempre manter a lâmina da liderança afiada! Um ditado que gosto muito é "antes de liderar é preciso saber ser servil" ou seja todo bom líder é sempre um bom aluno! E estar com todos vocês aqui na cadeira de aluno novamente para mim é muito gratificante, abaixo vou descrever um pouco o processo de DEBRIEFING utilizado pela unidade Brasileira a qual eu sirvo:

1. Usamos um ambiente seguro (base ou zonas verdes dentro do teatro de operações) ou mesmo em muitas das vezes preferimos sair e executar a oratória do DEBRIEFING no teamspeak sem o ARMA 3 estar ligado, justo para evitar problemas de fonias por problemas técnicos;
2. Assumimos que todos os participantes tem voz igual, contudo usamos as patentes militares virtuais de nossos combatentes para passar o direito de opinar e narrar fatos;
3. A maior patente presente é automaticamente o moderador;
4. Os fatos começam a ser narrados da maior patente a menor patente, sendo que o que ocorre é:

  • 4.1. As patentes de alto comando focam no discurso estratégico: o que foi a missão, os possíveis pontos cegos ou obscuros no entendimento da manobra das demais frações de unidade, o por que de certas ordens as quais acredita que possam ter sido duvidosas por má interpretação ou mesmo pelas ações que nem sempre saíram como o esperado e necessitaram de adaptações de manobra tática;
  • 4.2. As patentes de liderança de nível operacional em geral transcorrem o que a sua unidade fez, erros e acertos de sua unidade, avaliação da interação das demais unidades presentes com o tempo da ação e o tipo de resposta em campo, como ela interpretou as ordens, se teve que adptar a manobra por que o fez e se discorda do estratégico ponderá com o alto comando o por que daquela resolução em campo;
  • 4.3. As patentes de liderança de esquadra, ou seja, os elementos subordinados ao escalão do item 4.2. dessa análise em geral expõem em nível tático se tiveram dificuldade no trato com as solicitações, como foi o combate, onde acredita que os elementos falharam ou o que se podem melhorar e como, tal como se preciso podem estar perguntando e interagindo com dúvidas sobre as diretrizes de maior escalão hierárquico;
  • 4.4. Ainda sob as diretrizes das patentes fica em aberto para que os demais membros relatem sua experiência, tirem suas dúvidas e baseado nos depoimentos superiores interajam de maneira a tirar dúvidas inclusive além da sua esfera de atuação base.

5. Todo o processo 4 de patente a patente funciona na seguinte ordem ou forma:

  • 5.1. O moderador passa a palavra a próxima patente;
  • 5.2. A patente ou elemento expressa e relata suas ações e interpretações que teve de toda a ação em si;
  • 5.3. Relato recebido o moderador abre espaço para as patentes superiores ou mesmo os demais líderes ou membros envolvidos em relatos conflitantes possar rebater com sua interpretação da ação o que viu ou como entendeu e etc;
  • 5.4. O moderador volta a narrativa para o elemento do item 5.2. desse item para que ele possa responder e promover aprendizado aos questionadores do item 5.3.
  • 5.5. O moderador durante esse ciclo que se forma avalia até onde o processo esta sendo produtivo e até onde esta sendo cíclico e vicioso fixando-se em pontos que já foram entendidos ou que sejam conflitantes e mereçam uma extensão de conversa, demonstra isso para os envolvidos, põe um fim nos discursos e deixa em aberto para que estes possam estender o assunto na sala dos oficiais ou no final da vez de todos os participantes, para assim eliminar dúvidas.

6. Durante o discurso de qualquer membro é solicitado que não haja interrupções tanto no chat escrito quanto em voz, o uso do chat escrito no máximo sempre que possível utilizado para adicionar explicações em paralelo da conversa ou para solicitar a palavra no microfone;
7. O moderador tem sempre a palavra final sobre passar ou não pro próximo assunto, mudar a prioridade de fala de algum elemento e etc, justo e afim de manter a razão como elemento de conhecimento e a emoção distante dos discursos para evitar assuntos que não tenham a ver com o estratégico, operacional e tático.
8. Toda A.P.A. não tem tempo de término, contudo o moderador mantém o foco de maneira a sempre tornar o processo dinâmico para poder liberar os membros que tem tempo mais curto, tal como é solicitado que aqueles que não tenham tempo de participar já se desconectem antes do início da mesma.

PRINCÍPIOS E JUSTIFICATIVAS DO PROCESSO DE A.P.A DO CFOD
Por vivência aprendemos que o universo de jogos será sempre distante do real, assim em certas atividades militares os soldados ou operadores tem o dever de estar em certos lugares e por determinações de doutrina e compromisso profissional permanecem em suas salas até que tudo esteja resolvido seja em uma A.P.A. ou mesmo um BRIEFING e ou numa missão onde não tem como pegar um uber ou mesmo desligar o computador, pois estão lá e tem que lidar com a merda toda que esta ocorrendo, sejam estas positivas ou negativas. Entretanto quando falamos de "jogadores", vida real é vida real, então temos que ser mais dinâmicos e em algumas vezes entender o que cada um quer, desse modo compreendemos que:

1. Geralmente os elementos de cunho estratégico, operacional e tático são pessoas que vão além do sentar e clicar botões e teclas do teclado, são seres que buscam o conhecimento e refinamento constante, assim procuram ficar em todas as etapas que a plataforma ARMA3 proporciona a seu crescimento pessoal e coletivo com o seu esquadrão e a grade de comando. Pensando nisso como elementos que buscam e produzem conhecimento invertemos a matriz do DEBRIEFING, o conceito é que estes tragam a luz (conhecimento) aos que por falta de tempo ou mesmo possibilidade de dedicar-se atuam como soldados e elementos de ação;

2. Os operadores/soldados são em geral um misto de tipos, personalidades, valores, busca pessoal dentro e fora da plataforma, contudo cada um desempenha o papel base que é seguir, aprender e crescer. As pessoas que se dedicam a esse trabalho (função) tem seu tempo limitado ou mesmo focado apenas em diversão, deste modo em generalidade buscam pouco conhecimento extra jogo, assim mais absorvem o que acontece dentro e fora do jogo naquele pequeno momento do que em outras possibilidades, por isso em geral deixar estes por último, é uma forma que encontramos de levar entendimento e conhecimento. Há também muita prata e muito ouro escondido nessas pessoas, seja por falta de tempo ou mesmo não querer dedicar-se vemos em muitos bons futuros líderes de esquadra, especialistas ou mesmo líderes, contudo essa evolução é individual e de cada um, nosso limite é ser sempre orientativo, direcionador e condutores para o crescimento de cada um deles, cada qual em seu tempo e sua vontade.

 

Buscamos todos o entendimento, que a patente não é apenas um posto, mas uma posição de aluno e professor que se alterna conforme conhecemos pessoas dentro e fora de nossas estruturações virtuais que nos agregam conhecimentos de toda e qualquer natureza, não apenas modelando a militaria, mas desde a forma como ouvimos, falamos e em nossas vidas pessoais, assim respeito por todos é sempre algo básico e fundamental, transportamos isso para o jogo com uma afirmativa base de campo: a patente tem sempre razão. Essa premissa tem por base eliminar os "eu acho", "poderia ser", "será" e etc, assim certo ou errado toda patente superior deve sempre agir, tal como toda a patente escalonada a baixo deve servir de maneira inquestionável e com vontade, mas esse último parágrafo já entra em outro assunto: procedimentos hierárquicos, doutrina, direitos e deveres.

Fica pra quem sabe outro post, grato a todos por acolher esse guerreiro cansado e que busca aqui ser aluno novamente, espero ter ajudado e somado com o grupo, abraços, NOFACE SPECTRO.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Criar Novo...