Ir para conteúdo

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

J. Gomes

OPERACAO " MOUNTAIN SHEEP "

Recommended Posts

............BRIEFING.......................

 

Depois de 4 meses na operacao Gerbil, descobrimos que a milicia que combatemos estava sob o comando do ISIS,

conseguimos limpar toda a regiao Norte de Lythium, e livrar os habitantes locais dos varios perigos que enfrentavam diariamente.

E e pelo grande desempenho que foi requisitado os nossos servicos pela NATO, desta vez para comandar toda a investida na regiao 

de Clafghan, a NATO vai disponibilizar uma equipa pequena para segurar a base aerea, e deu nos permissao para que construissemos 

a nossa base, que se chama "VIRIATO"

59ed21980fb09_ArmA3Screenshot2017_10.21-14_48_04_38.thumb.png.799c2d397e5969d799e5d1b21d73b62e.png

 

A nossa missao principal e capturar toda a estrutura militar do ISIS, nunca esquecendo que esta tambem e uma zona povoada,

nao sabemos se os civis sao hostis, ou estao do nosso lado, mas sabemos que esta regiao e muito montanhosa, tem menos 

povoacoes, e que o ISIS e uma organizacao muito melhor equipada a nivel de armamento que os nosso anteriores inimigos,

 

SEXTA FEIRA DIA 27 COMECA A NOSSA OPERACAO!

OBJECTIVO

equipar 

conhecer base 

delinear plano de operacoes

 

 

MEIOS:

 6 Humvees

 3/4 Pandur 

 3/4 M113

 3 LEOPARD 

 

 2 ALLOUETTE

 2 LYNX

 2 MERLIN

 

 3 F16

 2 C130

 

NOVO MOD, ( EPS, COM OS EQUIPAMENTOS USADOS PELAS FORCAS ARMADAS PT)

 

NAO HA ARSENAL!!!!!!!!!!!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

INFO:

Yasser Ragheb Al Bahar
Yasser Ragheb Al Bahar nasceu na família do bilionário Mohammed bin Awad Al Bahar na Arábia Saudita. Estudou na universidade desse país até 1979, quando se juntou às forças dos Mujahideen no Paquistão lutando contra a União Soviética no Afeganistão. Ele ajudou a financiar os Mujahideen, canalizando armas, dinheiro e lutadores do mundo árabe para o Afeganistão e ganhou popularidade entre muitos árabes. Em 1988, ele formou a Harb Aleisabat - a.k.a Al-Sabat. Foi banido da Arábia Saudita em 1992 e mudou sua base para o Sudão, até que a pressão dos EUA o obrigou a sair do Sudão em 1996. Depois de estabelecer uma nova base no Afeganistão, ele declarou uma guerra contra os Estados Unidos, iniciando uma série de bombardeamentos e ataques relacionados. Al Bahar estava nas listas do Departamento Federal de Investigação (FBI) dos dos Terroristas mais procurados pelo seu envolvimento nos atentados da embaixada nos Estados Unidos de 1998.


De 2001 até à atualidade, Al Bahar é um grande alvo da Guerra contra o Terror, até que o FBI está a oferecer uma recompensa de US $ 25 milhões sobre qqualquer informação sobre o seu paradeiro. É o nosso alvo principal.

 

 


'Adam' Yazeed Al Harith Amari

'Adam' Yazeed Al Harith Amari; nasceu como Adam Pearlman; 1 de setembro de 1978) foi um funcionário sénior americano, intérprete cultural, porta-voz  e assessor de média para o grupo islâmico Al-Sabat. Desde 2004, ele apareceu em vários vídeos produzidos pela Al-Sabat como "Azzam the American" ('Azzām al-Amrīki, عزام الأمريكي, algumas vezes transcrito como Ezzam Al-Amerikee). Amari, que se converteu ao islamismo do cristianismo em 1995 numa mesquita da Califórnia, foi descrito como "homegrown", o que significa que ele se converteu a uma religião em que ele acreditava com tanta firmeza que estava disposto a prejudicar seu país de origem. Funcionários CIA alegam que ele inspirou um vídeo 2007 de Yasser Ragheb Al Bahar.

Em 2004, foi adicionado à lista de Informação Procura do FBI - Guerra contra o Terrorismo. A 11 de outubro de 2006, ele foi removido dessa lista e colocou na lista do Departamento de Requisitos Diplomáticos de Segurança para a Justiça dos criminosos procurados. No mesmo dia, Amari foi indiciado com base no testemunho do agente do caso do FBI, EJ Hilbert II, na Divisão do Sul do Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Central da Califórnia por um grande júri federal para o crime capital de traição por ajudar um inimigo dos Estados Unidos, ou seja, da A-Sabat. 

 

 


Abdul-Alim 'Amro Naifeh
Abdul-Alim 'Amro Naifeh aka Am-Naifeh (nascido a 22 de julho de 1960, ou a 23 de outubro de 1960, ou 1963, ou 1969) é um iemenita que foi condenado por ajudar a planear o ataque ao navio USS Cole de 2000, que matou 17 marinheiros americanos em 12 de outubro de 2000, fora da costa portuária de Aden, Iêmen.Foi capturado no Iêmen e condenado à morte em 29 de setembro de 2004. Amro Naifeh também foi indiciado em 15 de maio de 2003 pelos Estados Unidos pela tentativa de ataque ao USS The Sullivans. Ele planeou viajar para a Arábia Saudita e comprar um pequeno barco e depois um camião e um reboque para o transportar. Este barco afundou-se com peso dos explosivos enquanto preparava o traçado para o USS The Sullivans. A Fox News designou Amro Naifeh como um "autor intelectual" do bombardeio Cole.

Apenas dois dos seis acusados pelo Iêmen no ataque foram condenados à morte; os outros quatro foram condenados de 5 a 10 anos de prisão. Depois de ouvir a sentença, 'Amro Naifeh disse: "Este é um veredicto injusto, isto é um veredicto americano. Não há direitos humanos no mundo, exceto os americanos. Todos os muçulmanos do mundo estão a ser usados para servir os interesses americanos." 

Tendo escapado duas vezes da prisão do Iémen, uma vez que sua sentença de morte foi emitida, Al-Bedawi está atualmente em liberdade, e agora a ser procurado como o Terrorista mais procurado pelo FBI.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

Camaradas:

Briefing para a operação de hoje: 

Equipa ALFA- fazer reabastecimento aos veiculos, e patrulhar os 2 objectivos da missão passada e área envolvente.

Execução - equipa será helitransportada para o local dos veic. Para segurar o local enquanto  2 elementos da equipa levam os veiculos de repair e refuel, quando os veic. Estiverem de novo operacionais os 2 veic. De repair e refuel terão que regressar a base e os 2 elementos serão então levados para a fob de heli.

 

BRAVO - continuar progressão até ao objectivo, limpar estradas de possiveis IED's, tentar extrair intel de possiveis civis.

Execução: mantém progressão com os 3 humvees, tem apoio aéreo disponivel se necessário.

 

EXPRESSAMENTE PROIBIDO ABATER, DISPARAR OU APREENDER QUALQUER CIVIL QUE NÃO SEJA UMA AMEAÇA!

 

OVER AND OUT!!!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

1 hora atrás, Jose disse:

 

EXPRESSAMENTE PROIBIDO ABATER, DISPARAR OU APREENDER QUALQUER CIVIL QUE NÃO SEJA UMA AMEAÇA!

 

 

É favor amarrar o salazar na parte de traz de um dos veiculos....just sayin.....:D

 

Tenho pena mas para mim só na quinta ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades

42 minutos atrás, DoG disse:

É favor amarrar o salazar na parte de traz de um dos veiculos....just sayin.....:D

 

Tenho pena mas para mim só na quinta ;)

Tchii o @DoG não seja mau... Eu até me ando a conter... Estou a curar o PTSD pahh  :lol:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades

DEBRIEFING:

 Na ultima operacao a equipa ALFA teve uma missao de logistica, onde reparou os veic. deixados danificados na op. anterior, e ainda deu consistencia a FOB e a aldeia patrulhando a zona, estara portanto 

com uma zona segura para futuras missoes e para receber os resupplies que vao necessitar.

A equipa BRAVO teve uma op. com mais accao depois de na primeira ter tido alguma calmia, conseguiu tambem tomar posse de uma FOB "ROBSTREPO" onde alem de desmantelar um posto de comunicacoes

tambem encontraram armas e muito dinheiro, alem disso prenderam o irmao mais novo do numero 3 da organizacao, que foi transportado para a nossa " casa mae".

 

BRIEFING PARA PROXIMA OPERACAO:

 ALFA- Vai avancar para norte, ate a aldeia de " MANDIGARA " esta aldeia Segundo intel recolhida pelos prisioneiros, podera ser um dos pontos de recruta civil pelo ISIS, 

PRIORIDADE: investigar cidade e tentar descobrir quem e o responsavel pela recruta, nao ha informacao de presenca hostil, este individuo e um civil que esta ao servico do ISIS mas devera ser civil!

traze-lo vivo e fulcral para a obtencao de possiveis localizacoes de inimigos.59f9f7e38f5a7_ArmA3Screenshot2017_11.01-16_12_03_15.thumb.png.9124306e42f3676213981ae878ce36a4.png

 

BRAVO- "PUNTA CUERVO" e uma FOB a norte da vossa posicao pelo que nao estao totalmente seguros em "ROBSTREPO", e estao vulneraveis a possiveis retaliacoes por parte do ISIS.

PRIORIDADE: tomar "PUNTA CUERVO" e estar preparados para possiveis retaliacoes afim de  tentarem recuperar o prisioneiro.

59f9f7c4d94c5_ArmA3Screenshot2017_11.01-16_15_47_22.thumb.png.1b98c923c5fe8b84f6c50fadd32fbd6e.png

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

4 horas atrás, Jose disse:

(...)

 conseguiu tambem tomar posse de uma FOB "ROBSTREPO" onde alem de desmantelar um posto de comunicacoes tambem encontraram armas e muito dinheiro, alem(...)

Que azar, foi o único sitio que não fui, senão... Mas há que explicar aos camaradas o que é espólio!? :angry:  :lol:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades

Ontem foi a minha primeira missão como piloto. Resumindo, não correu muito bem. Vou deixar aqui os erros principais que notei em retrospectiva:

1- Falha ao utilizar o Sling Loading para transportar munição para a equipa Alfa

2- Ter sido abatido no F-16, não ter ejectado correctamente (fui expulso do avião automaticamente, não sabia que 2xV  também acciona o banco de ejecção) e não levei um loadout próprio para a missão:

              o loadout fornecido:2 x SideWinder (AA), 2 x AMRAAM (AA) e 2 x JDAM(Bomba)

3- Quebra do rotor principal na aterragem para a extracção de prisioneiros

4- Mau manuseamento durante a última "aterragem"

 

Deixo aqui algumas medidas que vou tomar para melhorar nesses aspectos:

1- Prática e teste de Sling Loading usando os helicopteros disponiveis na missão (Alouette 3, Lynx e Merlin)

2- Criação de um loadout próprio para a missão e teste e prática das mecânicas do mesmo (já andei a ver algumas das streams, mas não vi nenhuma que captasse o impacto da bomba, por isso não tenho ideia se acertei onde apontei)

3- Prática de aterragem em zonas urbanas com o Merlin

4- Simplesmente não volto a fazer manobras arriscadas como a que fiz

 

No fim disto, deixo ao comando a decisão de que castigo que devo "sofrer" até voltar a ser piloto.

Quero agradecer ao @Kerozen pela paciência que teve comigo ontem à noite, pelo bitching todo que fiz 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites

13 minutos atrás, PCanas disse:

O War Room está a actualizar os dados de toda a gente? É que o meu profile diz que nunca morri, mas só ontem morri umas 4 vezes...

 

 

Tu ficaste inconsciente não morreste. Morrer nestas operações só eu é que morri! .

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades

Agora, TMaster disse:

Entao não quero:mellow:.! Altf4 é mais rapido:P

 

Alt+F4 directo não funciona, tens sempre que carregar no Esc para ires ao menu e aí fazeres Alt+F4. O "player exit" está no menu. Dá menos trabalho, só tens que carregar no Esc ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades

@Tyrandar ontem quando te vi chegar à povoação com o Merlin para extracção de dois prisioneiros, perguntei-me por razão não veio um Alouette que é mais pequeno, melhor para espaços pequenos e eram só dois prisioneiros. Não me apercebi que tinhas rebentado o rotor, visto que estava a ir ter contigo com os dois prisioneiros no carro. Só me apercebi disso ao rever outro stream, no momento da aterragem o som do helicóptero parou subitamente. Aí percebi que algo tinha acontecido nesse momento.

 

Em relação ao teu texto, penso que tudo se resume à primeira palavra dos pontos 1 e 3 das medidas que pretendes tomar. A prática é a melhor escola que se pode ter e a função que escolheste (piloto) é das mais difíceis e até posso dizer, ingrata, na medida em que, eu como infantaria se falhar todos os meus tiros, tenho sempre vários companheiros que vão acertar. Tu como piloto, se falhares, não tens ninguém que te corrija.

Agora, essa prática tem só a haver contigo (na verdade é aplicada a todos os membros). Tem a haver com a importância que dás à tua função e ao jogo. Até que ponto é que assumes o papel da personagem que escolheste.

 

Para mim, já ganhaste pontos, ao fazeres uma retrospectiva daquilo que correu mal, assumindo os erros, e teres delineado um objectivo de auto-correcção. Só estou preocupado com o destino que o comando vai dar aos prisioneiros que sofreram acidente na base.

 

Quanto ao castigo, felizmente, não sou que decido :)

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar em outros sites
Especialidades


×
×
  • Criar Novo...