Ir para conteúdo
Formações
Rank Group icon
Equipa Group icon

SaLaZaR

Major
  • Total de itens

    738
  • Donativos

    10.00 EUR 
  • Registado em

  • Últ. visita

  • Days Won

    58

Tudo que SaLaZaR postou

  1. Dão Drones às forças especiais, e é p'ra isto?
  2. Atenção a todos os Teamleaders e Squadleaders! Alteração importante ao planeamento! É favor aparecerem mais cedo!
  3. Boa noite caríssimos, Seguem os últimos desenvolvimentos relativos à UNMISS: Está prevista a visita do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, na semana de 26 a 30 de Agosto. Será uma semana vital para assegurar a paz no Sudão do Sul. A FND Armalusa já foi notificada para assegurar a segurança da reunião, agendada para 30 de Agosto de 2019, em Kyari Kinnai - "Operação Big Blue". Esta semana, que antecede a visita de António Guterres, será uma semana de alta pressão. Segue o Briefieng para 22082019 e 23092019: Logística 22082019: Rangers: > Estão terminadas as operações no Sector Shark. Fazer a movimentação até ao Checkpoint "Lobo" - 118065. O Exfil será efetuado pelos Comandos. Comandos: > Movimentação para Mandalari. Fazer chegar o Engenheiro para junto dos Paras, por via aérea, para inativação do IED detetado; > Fazer a recolha dos OE´s na posição 118065 - Checkpoint "Lobo", e posterior movimentação para Mandalari, onde irão ser reabastecidos. Paraquedistas: > Patrulha apeada pela estrada que dá acesso ao conjunto de aldeias de Afofo; > Patrulha do Rio Nilo Branco, junto às aldeias remotas de Afofo. JAGUARES: > Transporte do elemento dos Comandos, para junto dos Paras, para posterior inativação do IED - LZ a designar em Mandalari; > Transporte de material de reabastecimento e Humanitário, que se vai encontrar na Main Base, para as LZ'z a designar pelos Paras, e posteriomente, pelos Comandos. 23092019: Comandos: > No decorrer da missão anterior, um helicoptero da ONU foi abatido por uma unidade Anti Aérea, localizada algures na margem Norte do Rio Nilo Branco - Localizar e neutralizar a mesma. Paraquedistas: > Transporte de material humanitário para as aldeias remotas de Afofo. A posição centralizada de Afofo Bangoua é a mais indicada para largada do material, que depois será distribuído pelas restantes aldeias pelos respectivos aldeões; > Manutenção da paz e ordem durante a missão. Rangers: > De forma inesperada, a equipa de Comandos foi supreendida por uma roadblock em Douro. Não sabemos do que se trata aquela localização. Terão que fazer a movimentação a partir de Mandalari e investigar aquela localização. JAGUARES: A 28062019, a FND Armalusa foi chamada destacada de emergência para uma situação de tráfego de armamento no aeroporto "Dr. Jones". A investigação levada pela ONU revelou que o destino eram as forças do regime, que foi fornecido por um traficante russo, de quem não foi revelado o nome. Essa investigação culminou na captura de uma aeronave Li-2. > Designar 2 pilotos para o transporte do Li-2, que está na Main Base, até o Aeroporto Dr. Jones, e desembarque do material bélico a bordo. Estará ao vosso dispor fardamento da FA russa. Máxima cautela, e não deem muita conversa às forças do regime que vão estar à vossa espera; > Na vossa estadia, tentem fazer o máximo de reconhecimento possível, porque será o aeroporto de largada do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, na Operação Big Blue; > Assegurar CAS e MEDEVAC assim que solicitado. Sem mais, O Comando.
  4. Posso também? Posso Posso Posso?
  5. Boa tarde Comunidade, Encontram-se abertas as vagas para os Comandos e para a Força Aérea. O único requerimento é ser pelo menos Soldado e ter disponibilidade para desempenhar o cargo a que se propõe. Dependendo do cargo será necessário também ter o curso correspondente. Inscrições abertas até 26/08/2019 - Inscrição deve ser efectuada via mensagem privada. O COMANDO. Link das vagas - https://www.armalusa.pt/index.php?/topic/4075-vagas-de-squads/
  6. ATUALIZADO 19082019
  7. ALTERAÇÃO PLANEAMENTO 16082019 > Em caso de necessidade, todas as equipas devem designar uma LZ ou Dopzone para recolha do material solicitado. Essa acção deverá ser o mais célere possível, de modo a não por em causa o planeamento pré-estabelecido para hoje. Solicita-se cuidado redobrado relativamente às vias principais que ligam às respectivas Áreas de Operações, dada a ausência da patrulha prevista para ontem.
  8. Boa tarde caríssimos, Esta semana iremos dar seguimento à campanha de estabilização a Norte do Rio Nilo Branco. Segue o Briefing para 15082019 e 16082019: 15082019: Logística Alpha: > Estabilização da localidade de Mandalari; > Patrulha da estrada a Sul, que segue para o Distrito do Sul. Bravo: > Estabilização da vila da localidade de Mawa; > Patrulha da estrada a Sudoeste, que segue para o Distrito do Sul. Charlie: > Estabilização da vila da localidade de Masakali; > Patrulha para Sudoeste. Existem várias infraesturas estranhas detetadas pelo Satélite, solicita-se a averiguação do que se trata. JAGUARES: Vão ficar encarregues da logística das equipas no terreno. Irão definir a forma como querem inserir o material nas respectivas áreas de operações: Airdrop ou via Helicóptero. 16082019: Alpha: > Patrulha do Rio Nilo Branco, em direção a Oeste, de modo a investigar possíveis pontos usados para tráfico de ilícitos, e demolição dos mesmos; Bravo: > Controlo de Gouara; > Existe relatos de que na posição 022061, têm havido a estabilização de um ponto de extorção das milícias locais à população. Solicita-se cautela. Charlie: > Existem várias infraestruturas estranhas detectadas pelo Satélite, solicita-se a averiguação do que se trata. JAGUARES: > Solicita-se a permanência de um veículo aéreo médico, para socorro das tropas no terreno. > Auxiliar em CAS assim que solicitado. Sem mais, O Comando.
  9. Boa tarde caríssimos, Estamos a meio da comissão no Sudão do Sul, pelo que quero-vos agradecer pelo empenho que têm tido para cumprir a missão neste país. Anda temos muito trabalho para fazer, e tempo difíceis aproximam-se, mas eu conto convosco para levar a nossa missão a bom porto. Segue o briefing para 08082019 e 09082019: A FND Armalusa foi destacada para patrulhar as margens Norte do Rio Nilo Branco. Esta é uma fronteira natural que separa a Província do Sul, do resto do país. Existem relatos do que o que resta das zonas controladas pelas milícias ficam algures nas florestas que contornam este rio. A Província do Sul é controlada pelas forças do Regime do Sudão do Sul, que estão a impor leis muito severas a quem não copera com eles, assim como a prática continuada de extorção à população civil. Existem 'checkpoints' nas fronteiras da província. Não estamos, ainda, autorizados a passar para o outro lado da margem. Irá haver sectores na nossa Área de Operações: Sector Bullet e Sector Shark. 08082019: Logística > Reabastecimento das equipas; Alpha: No final da missão de 02082019, enquanto os Rangers estavam em movimento para a Base, foram alvo de tiros vindos de Marwey. > Após reabastecimento, terão que se deslocar a Marwey e investigar a zona. Bravo: Fazer o reconhecimento da área a SE de Samari, para a missão de 09/08, principalmente Ndilgori e Lawan Andi; Charlie: Serão aerotransportados para o Sector SHARK, para posterior patrulha das vilas mais inóspitas desta área; JAGUARES: Transporte das forças para os respectivos teatros de operações. 09082019: Alpha: > Deslocação para o Sector Bullet - patrulha em Mandalari; > Patrulha do rio, na zona florestal. Existe intel de pontos ao longo do rio, que podem ser usados para fornecimentos de armas. A missão é a patrulha e demolição dos pontos; Bravo: > Controlo de Maiwa e Mawa, e caso possível, a patrulha a Gouara; Charlie: > Patrulha e controlo de Masakali. É uma vila em que sabemos que é problemática. Solicita-se precaução. JAGUARES: Houve a queixa do Uganda às Nações Unidas, relativo ao facto das forças do regime estarem constantemente a passar a fronteira sem permissão. A missão é fazer a patrulha pela zona sul do País em busca de um potencial 'hotspot', que esteja a ser usado como base para estas investidas; > Auxílio as tropas no terreno no solicitado: CAS, MEDEVAC, ETC. Sem mais, O COMANDO
  10. Atenção "Jaguares" @Luso @1ºCb C. Martins @sandro1500: Para a missão de 02082019, foi-nos cedido um drone "REAPER-MQ9". Confio plenamente nas vossas capacidades, mas é favor não estragar o brinquedo .
  11. Boa Noite Caríssimos, Está-se a apertar o cerco às milícias que têm flagelado a Centro do país do Sudão do Sul. Com as operações das semanas passadas, conseguimos cortar o acesso das milícias às zonas Este e Central do país, assim como o cessar o tráfico de armas nesta zona do País. Segue o Briefing para os dias 01082019 e 02082019: 01082019 - Logística: > Equipa "Alpha": Terá como função a detonação do depósito de explosivos em Samari, assegurando a segurança da vila antes e após a explosão; > Equipa "Bravo": Conforme referido anteriormente, o campo de cultivo de estupefacientes e respetiva fábrica de Salmari foram deixadas sem proteção, após o ataque de 26072019. Ponto 1: Assim sendo, terão que fazer deslocar uma das secções a Salmari, localizar e assegurar a fábrica de estupefacientes, para posterior deslocamento da Alpha para demolição da mesma; Ponto 2: Fazer deslocar uma equipa ao "Campo Camará", para levantar o material necessário para a missão de 02082019: Material médico (imprescindível), munições, explosivos, etc.; > FA "Jaguares": Terão papel fulcral para localizar o acampamento onde possivelmente, estarão os civis raptados. De acordo com a intel obtida pelo HVT capturado pelos OE's, sabemos que esta milícia opera entre o Sudão do Sul e a Etiópia (Fronteira Oeste). A informação obtida refere que estão num acampamento improvisado numa área florestal, compreendido entre as cidades fronteiriças de Walada e Geydam-Tchoukou. - A missão será fazer uma patrulha aérea sobre a àrea 0609/1216. De modo a salvaguardar a missão, essa patrulha será efetuada numa aeronave civil - Cessna 172. É solicitada a patrulha numa altitude considerável, de modo a não deixar suspeitas. - É PROIBIDO invasão do espaço aéreo da Etiópia, sob o risco se serem abatidos; - Se possível, auxiliar no transporte de material logístico. > Equipa "Charlie": Terão que se fazer deslocar para a área de operações acima designadas - 0609/1216, fazer o reconhecimento avançado da possivel localização dos civis raptados. A área de inserção será designada por vocês. ==//====//====//== 02082019 - SAR - search and rescue em ambiente noturno: Conforme info acima: "De acordo com a intel obtida pelo HVT capturado pelos OE's, sabemos que esta milícia opera entre o Sudão do Sul e a Etiópia (Fronteira Oeste). A informação obtida refere que estão num acampamento improvisado numa área florestal, compreendido entre as cidades fronteiriças de Walada e Geydam-Tchoukou." Existem 2 estradas de entrada no país nesta zona do país: Route 28 a Norte, e a Route 32 a Sul. Tratando-se de uma operação perigosa, estando em risco a vida dos civis raptados, a missão será OPSEC - Especial atenção aos RTO: TRATAR TUDO PELO CALLSIGN!! - Walada, será atribuído o Callsign "NU" ou "November Uniforme"; - Geydam-Tchoukou, será atribuído o Callsign "SIGMA"; - Route 28 - Callsign "ROMEU 8"; - Route 32 - Callsign "ROMEU 2"; - Estrada para Sul Walada - "SIERRA 8" - Estrada Norte GT - "SIERRA 2" - Interseção das duas - "SIERRA 4" - Ojetivo SAR - Callsign "HAVOC" - LANDING ZONE - Callsing "REDHOT" - Havendo mais que um LZ, deverá ser numerado, p.ex. REDHOT 1, REDHOT 2, etc. FASE 1: > ALPHA: Posicionar e assegurar "NU", de modo a assegurar "ROMEU 8"; > BRAVO: Posicionar e assegurar "SIGMA" de modo a assegurar "ROMEU 2"; > CHARLIE: SAR "HAVOC" - eliminar forças hostis que estejam no área e extrair os civis em segurança - Designar HAVOC EXFIL e informar JAGUARES. > "JAGUARES": Ponto 1: Designar um RPA Pilot: REMOTELY PILOTED AIRCRAFT PILOT: Terá como função guiar a Charlie no SAR ao "HAVOC", e trabalhar em conjunto com o COMANDO na análise e comando e controlo da AO; Ponto 2: Manter em prontidão imediata um helicóptero com capacidade CAS e Exfil, para assim que solicitado, fazer o exfil dos civis, no "REDHOT". Fase 2: >>> Assim que e Charlie tenha o HAVOC, ALPHA e BRAVO fazem rendezvous junto da mesma, de modo a possibilitar o transporte da mesma para a safezone - Gororop: 129112, ou caso haja tempo disponível, a Main Base Marey. Será uma missão de risco, espero o melhor de todos. Se puderem aparecer um pouco mais cedo, agradeço muito. INFO Importante: Alpha e Bravo estão autorizadas a utilizar supressores na operação de 02082019. O COMANDO.
  12. https://www.youtube.com/watch?v=6EDsIP5M0xA
  13. Ahahahha vi esses gajos aqui no Porto à 2 meses, TOP TOP TOP
  14. Boa tarde caríssimos, Com este início de operações, conseguimos destruir o local de armazenamento do armamento da milícia de Este, assim como cortar as vias de abastecimento do material bélico, que fazia através da "Rota 35", controlando as aldeias que situavam perto da mesma. > Neste momento, encontram-se em Ari Boudoumini, os Comandos, e a 1ª Secção do 1º Batalhão de paraquedistas, pelo que a terão que planear o ataque conjunto ao ultimo reduto da milícia de Este - Madairi; > De acordo com a intel obtida pelos Rangers, existe algures em Salmari, um campo de cultivo de estupefacientes, pelo que a 2ª Secção dos Paras que se encontra em Kawiya Moustapha, terá que efetuar uma patrulha na área, de forma a encontrar e destruir o mesmo. É possivel que seja uma das formas de financiamento das milicias; > Também de acordo com a mesma intel, em Samari existe uma fábrica de explosivos, assim que Madairi estiver controlada, a missão de uma das equipas - ou ambas, é uma missão de S&D - Search and Destroy, desta mesma fábrica; > Devido à sensibilidade das informações dadas pelo indivíduo capturado pelos Rangers, a missão dos mesmo é CONFIDENCIAL, de modo a salvaguardar a missão.
  15. OPERAÇÃO "UM DOIS E TRÊS QUATROS" Semana 1: Controlo da Rota 35 - Operação "MAD" Boa tarde Batalhão, No seguimento da Press Release acima, segue o Briefing para 11072019 e 12072019: A FND Armalusa irá ser destacada para o CAMPO CAMARÁ, na vila de Lawan Bachir, que irá ser a nossa "casa" durante as próximas semanas. A missão principal da OPERAÇÃO "UM DOIS E TRÊS QUATROS", será uma missão de 3 a 4 semanas, é a neutralização do tráfego de armas da zona centro do Sudão do Sul. O Tráfego de armamento o fornecimento de material bélico à população civil, é o "Core" do nosso trabalho nesta região. A população que se tem demonstrado contra estas milícias, têm sido mortas, raptadas e violadas. Existem relatos de muitas têm sido tidas como 'troféus' dos warlords. De acordo com a intel obtida na população local, tem havido uma entrada e saída de veículos anormal, de e para, Mimi, sendo um possível local de armazenamento de armas. Mimi foi durante muito tempo, um local famoso pelo fabrico e armazenamento de material de construção, mas sabe-se que foi tomado recentemente pela NAS (National Salvation Front). > Rangers "Charlie": - Investigar a possivel localização do armamento; - Caso se comprove essa evidência, neutralizar os hostis e reaver Mimi; - Destruir o possível armamento. > 1º Batalhão de Paraqueditas: - Na 1ª fase, Capturar Maloudi e Moustapha, cortando acesso de possível guerrilhas à nossa a àrea de Operações; - 2ª Fase: Deslocação para assegurar a Mesquita de Ari Boudoumiri e controlar a zona. > Comandos: - 1ª Fase: Capturar e assegurar Lawan Boukar, de forma a assegurar o flanco Este dos Paras - 2ª Fase: Controlar a vila de Ariboudoumari. >FA "JAGUARES": - Assegurar a vigilância do espaço aéreo da Área de Operações, com especial incidência a Norte - NW; - Assegurar MEDEVAC assim que solicitado. => Após controlo da Mesquita de Ari Boudoumiri, e Ariboudoumari, é necessário o ataque a Madairi. Madairi é desde à muito, conhecido como um reduto das milícia que controla esta parte do país. Solicita-se máxima precaução a esta localização. Imperativo manter as "infraestruturas intactas", de modo a localizar intel relativo à possível localização dos civis raptados.
  16. Boa tarde a todos, Segue abaixo, a Press Release da UNMISS relativo à atividade hostil no Sudão do Sul, e que vai ditar as próximas operações: https://unmiss.unmissions.org/sites/default/files/press_release_central_equatoria_-_final.pdf De notar a relevância dos seguintes parágrafos: " The first coincided with the signing of the peace agreement whenSPLA-IO (RM) and NAS, SSNMC and affiliated armed groups clashed over territorial controling parts of the region. During this first phase, these groups were responsible for killing at least 61 civilians, who were either deliberately targeted or victims of indiscriminate fire during clashes. At least 150 civilians were also held in captivity by these groups, including women and girls taken as “wives” by commanders or raped and beaten by multiple fighters. The second phase of violence began in January 2019, when the Government launched military operations to dislodge so-called “rebels” from the Central Equatorian region. Government forces carried out a coordinated campaign to displace civilians from areas perceived to be providing material support to NAS and SSNMC, punishing those they suspected of being members or supporters by subjecting them to sexual violence as well as looting and destroying homes, churches, schools and health centres. Responding to the need to protect civilians, UNMISS deployed an additional 150 troops to the area, enabling it to intensify patrols within Yei town and to outlying communities to deter violence and enable the safe delivery of humanitarian aid. The UNMISS lead representative in the area and the Mission’s Civil Affairs Divisionare also actively promoting reconciliation and peace building activities (...)" O briefing para as próximas semanas irá ser feito dentro de dias. Cumprimentos, Maj. Salazar
×
×
  • Criar Novo...