Ir para conteúdo
Formações

capa

Civil
  • Total de itens

    569
  • Donativos

    5.00 EUR 
  • Registado em

  • Últ. visita

  • Days Won

    42

Posts publicados por capa


  1. Não percebo em que é que a tradução te possa ajudar.

    O problema não poderá estar  na própria ligação no interior do fone direito?

    No meu caso aconteceu-me várias vezes, talvez por o cabo estar mais sujeito a puxões, nesse local.

    O pior é que não me dava acesso, por a "caixa" do fone ser vulcanizada em vez de aparafusada.

     


  2. Hum... quando muito, só se fosse, por exemplo Sold. E. Capa.

    Ainda vou ter que meditar nisto!

    Só que não me estou a ver conseguir adaptar-me, com o pessoal mais antigo.

    Iria passar a chamar  um Sarg.JoaquimManel e deixar de chamar sneek, um Cbo.JoãoSabonete em vez de Rckiller, um Ten.Liang.Shan.Pô em vezde Raising, um Ten.CristianoRonaldo em vez de Jaws, etc...


  3. Por isso é que eu bendigo a existência de concorrência. 

    A "ameaça" de mudança para outro operador costuma operar maravilhas.

    Na vodafone existem serviços específicos de atendimento para clientes que ameaçarem mudar de operador.

    É como ir a vários vendedores de automóveis e ir "desabafando" quais as vantagens que vendedor anterior me proporcionou.

    Quando o atendedor se depara com um cliente que exerce essa pressão, tem instruções para reenviar a chamada para esses ditos serviços de apoio.

    Nessse atendimento posterior, já o vendedor tem mais latitude de manobra e passa a disponibilizar mais vantagens ao cliente insatisfeito.


  4. A Assembleia da República debate hoje uma possível interdição de acesso, por parte da população civil, a jogos/simulações de combate, nomeadamente Paintball, Airsoft e jogos de internet com cariz de simulação militar.

    A proposta de lei partiu do grupo parlamentar BE e tem em vista prevenir a violência psicológica, desencadeada por estes jogos, alegadamente com repercurssões graves no dia-a-dia das populações.

    Esta medida vai de encontro ao desejo de uma grande parte das portuguesas e portugueses, tendo em vista a redução de violência doméstica, bulling e outras formas de violência em geral.

    O dito grupo parlamentar alega ainda que (citação) "os grupos de cidadãos, que se dedicam a este tipo de actividades, têm tendências homofóbicas e racistas, pelo que a sua extinção é uma forma de repôr as liberdades neste país, que se quer livre, laico e democrático".


  5. 4 horas atrás, Kerozen disse:

    Confirmação visual serve para isso mesmo, na falta de comunicação há que confirmar para quem estão a disparar

    Eu até acho que entendo o que sucedeu.

    Não quero ser advogado de ninguém e até estive fora, por isso não racho lenha.

    Isto é, espero que ninguém se ofenda  com o que eu vou dizer, porque eu até sou a puxar para o parvo, mas eu, sempre que vejo um heli com os dois jogos de pás sobrepostas, no mais recôndito do meu ser, identifico logo como inimigo=bloco de leste=russo.

    Até me arrepiava, sempre que via passar os Kamov do INEM. Isto, claro, no tempo em que ainda voavam... :D

    Ainda não me habituei sequer à ideia de que já não existe o muro de Berlim, quanto mais. 

    Por isso é que digo que "KGB still watching you". :ph34r:<_<:ph34r::wacko::ph34r::unsure:


  6. Meu caro @76Jaws eu não me importo de pertencer à minoria das pessoas sem inteligência. 

    Se consideras que as minhas opiniões são  pedradas, lamento. Vou tentar ser mais delicado, para uma próxima vez.

    Eu não contabilizo as vezes em que alguém discorda ou concorda comigo. Não sou de guardar rancores.

    Se calhar deverias também tomar para ti a recomendação que me dás e leres bem e reflectires antes de publicares.

    Disseste que apenas por sorte e por burrice dos Bots é que não foi comprometido o plano de ataque.

    Se isto não é criticar as lideranças, então quem é que querias criticar?

    Não sei se já reparaste, mas quando eu quero falar do comportamento de alguém, nomeio a pessoa.

    Não deixo no ar ameaças veladas a ninguém.

    Talvez seja melhor dizeres, então, a quem se destina a crítica  relativa à escolha do trajecto do ataque.

    E enquanto eu não for expuso desta comunidade, vou continuar a discordar ou a concordar, conforme a minha consciência e  a minha pouca inteligência o ditarem.

    Ainda eu era miudo a quando do 25/4/1974 e nunca me considerei revolucionário, mas acho que a liberdade deexpressão é um valor do qual nunca abdicarei. 

    Em milsim cumpro com a disciplina militar. Em fórum serei apenas mais um membro como outro qualquer e não apenas um soldadinho.

    Também acho engraçado que critiques o comando, ao dares a tua opinião (ou terá sido uma pedrada?) sobre o não ter sido dada ordem para a Charlie e Bravo abrirem fogo, e depois fiques tão irritado por eu dar a minha.

     


  7. 10 horas atrás, 76Jaws disse:

    ... Refiro-me ao facto da equipa Bravo e Charlie para se posicionarem escolheram percorrer a estrada que estava virada para a cidade que íam atacar e com perfeita visibilidade para a cidade. O problema é que da cidade também havia perfeita visibilidade para a estrada. Tiveram muita sorte de os Bots serem burros e não terem aberto as hostilidades logo aqui, o que tinha comprometido todo o plano de ataque....

    Desculpa-me, mas não posso concordar contigo.

    Acho que fomos muito bem liderados, pois assim que foram detectadas as patrulhas, houve ordem imediata para passar-mos a uma coluna única, na berma esquerda da estrada. Ou seja, a mais afastada da aldeia.

    Não foi sorte. Foi uma liderança de alguém que já anda à uns aninhos, nisto do Arma. 

    Não me refiro a mim, obviamente. Sou o rei dos noobs, por mais anos que pratique.

    Acho bem que se queira sempre mais e melhor.

    Acho mal quando alguém se ache o maior da cantareira e vá de deitar abaixo o que os outros tentam, mal ou bem, fazer com a maior dedicação e empenho.

    Já dizia a minha avó: "Presunção e água benta, cada um toma a que quer"

×
×
  • Criar Novo...