Ir para conteúdo
Formações
Rank Group icon
Equipa Group icon

Blackjagg

Tenente
  • Total de itens

    236
  • Donativos

    65.00 EUR 
  • Registado em

  • Últ. visita

  • Days Won

    25

Histórico de Reputação

  1. Like
    Blackjagg deu reputação a PeterSang em Op. UNYOM   
    Recon de hoje 17/09/2020
  2. Like
    Blackjagg deu reputação a Braz em Op. UNYOM   
    Boa noite pessoal, 
     
    Depois do reconhecimento dos Linces e dos Lobos a Al Dana e Mansoura, foi detetado um foco de forças hostis na área. Foi descoberto também que um convoy atravessa regularmente a estrada entre estas duas cidades.

    A missão de hoje (18/9/2020) será um ataque coordenado às três posições para neutralizar de uma vez esta via, e os dois focos hostis.

     
    Linces: Assalto a Al Dana, e neutralizar as forças hostis ontem identificadas.
    Lobos: Ataque ao convoy que faz a travessia entre as duas cidades. O local exato do convoy será comunicado pelo Major à posteriori
    Morcegos: Ataque a Mansoura. Atenção que se pressupõe que a cidade esteja tomada por forças hostis, mas a quantidade de resistência que se pode esperar é uma incógnita.
    Jaguares: Apoio às equipas no terreno.
     
    Sem mais,
     
    O Comando
  3. Like
    Blackjagg deu reputação a World Press em Imprensa 18/9   
    tradução:
     
    Refugiados recebidos em novo campo
     
    Desde os bombardeamentos de Al Quisa, as aldeias a norte das montanhas sofreram varias incursões. As pessoas andam a fugir de casa em busca de refúgio. Ontem a IDAP, em conjunto com a ONU, decidiu fazer um campo de refugiados perto de Ghriys, para acomodar qualquer pessoa em busca de refúgio da guerra. Enquanto a IDAP montava o acampamento, as forças da ONU reuniram e transportavam pessoas das cidades de Al Mayyas, Damnah e Izzra, até ao campo de refugiados. O campo já está a aceitar refugiados das três cidades, mas também de toda a região.
     
    Hospital nas redondezas disponibilizado a ajudar
     
    O hospital da cidade vizinha de AL Quisa, construído na semana passada, já está superlotado. Ele foi construído para ajudar a região e enfrenta dificuldades para atender ao fluxo de pacientes.  Está a apenas um quilómetro do acampamento e por isso tem acolhido refugiados com problemas de saúde.
     
    Assassinato perto de Mansoura
     
    As tropas Portuguesas patrulhavam a área a sul de Mansoura quando fizeram uma descoberta horrível. Um carro cheio de civis mortos. O carro foi baleado centenas de vezes, pelo que podemos presumir que foi um ataque dos rebeldes Houthi. O massacre de civis é um fenómeno recorrente com estes rebeldes. Agradecemos às tropas portuguesas por ajudarem a população e, esperamos, que as pessoas sejam escoltadas para o campo de refugiados. O massacre está a ser investigado pela polícia.
  4. Like
    Blackjagg deu reputação a Pinho em Vencedor do Giveaway Arma 3: APEX   
    Boas malta,
     
    Parabéns ao @felixthebig por ter ganho o giveaway do DLC APEX.

    O mesmo irá receber nas mensagens o código do DLC.
  5. Thanks
    Blackjagg deu reputação a World Press em Imprensa 10-11/09   
    Imprensa referente à semana de 10 e 11 de Setembro
     

     
     
    Tradução:
     
    Novo hospital improvisado da IDAP

    Ontem o Projeto internacional de Desenvolvimento e Ajuda ( International Development and Aid Project - IDAP) construiu um hospital improvisado num prédio que sobreviveu aos bombardeamentos aéreos de Al Quisa. O médico alemão Dr. Götz Gerresheim foi encarregue de montar toda a infraestrutura de apoio imediato à população. As forças armadas Portuguesas, sob o comando das Nações Unidas, ajudaram nesta operação, escoltando o médico de Damnah até Al Quisa. Há finalmente um lugar de auxilio para os feridos. 
    (imagem: Dr. Götz Gerresheim, coordenador do hospital da IDAP).
     
     
    Yemen Daily atacado!
     
    Na quinta-feira, 10 de Setembro, o Yemen Daily foi atacado por rebeldes Houthis, que invadiram a nossa sede, na tentativa de nos silenciar. Este é o sinal que o Yemen Daily é o melhor e mais imparcial jornal do Iémen. Dizemos a verdade, o que os Houthis não gostam. Estas invasões e a subsequente mudança da nossa sede, atrasaram as nossas publicações. A nossa sede foi mudada para um local anónimo.
     
     
    Mais um civil ferido
     
    Um civil foi ferido por um veículo da ONU enquanto fazia o seu trabalho em Al Quisa. A cidade tem sido ajudada por elementos de todo o país assim como de todo o mundo. Alguns trabalhadores da cidade vizinha de Al Tabqah estavam a ajudar na reconstrução de alguns elementos chave da infraestrutura quando um veículo com as marcas da ONU atropelaram um deles, deixando-o com ferimentos. O trabalhador teve de ser levado à pressa para o campo da IDAP, já que o hospital ainda não tinha sido estabelecido. Devemos trabalhar em conjunto para o benefício do povo de Al Quisa, por isso,  instamos as tropas da ONU a estarem cientes da população civil. 
    (imagem: Kaled Karim, trabalhador atropelado por um veículo da ONU).
  6. Like
    Blackjagg recebeu reputação de CbAdj. MiguelCR em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 07 de Setembro 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
     
    Missão: Resgate e apoio médico a Civis - Recuperação de Estruturas vitais da cidade de Al Quiza
     
    - Localizar e resgatar civis por entre os escombros na zona mais atingida pelos Bombardeamentos.
    - Protecção ao Hospital de Campanha da IDAP
    - Segurança e Transporte do Dr. Götz Gerresheim até ao Hospital de Campanha
    - Transporte e segurança de combustível para reabastecimento da Central Eléctrica a sul de Al Quiza
     
     
    AO para 10-09-2020
     

     
     
    Actualmente a equipa da IDAP está num caos ao nível de gestão de recursos humanos e materiais. Foi nomeado o Dr. Götz Gerresheim para reorganizar a equipa da IDAP no terreno.
    A sua experiência em situações similares no passado, certamente irá surtir efeito imediato. A sua localização actual é no porto da cidade de Damnah, noroeste da AO. Será necessário o transporte e segurança do Dr. Götz Gerresheim até ao hospital de campanha. O Hospital de Campanha será localizado num prédio em construção que não foi alvo dos bombardeamentos.
    Com os bombardeamentos, a cidade ficou com algumas estruturas vitais danificadas entre as quais condutas de água e distribuição eléctrica. Várias equipas de reparação estão no terreno a tentar reparar o mais rápido possível e restabelecer a distribuição na área atingida, contudo existe outro problema, a central eléctrica a sudeste de Al Quiza está com um nível de combustível abaixo do mínimo. O Governo Estatal já empenhou todos os seus recursos nas reparações das linhas de distribuição de água e luz, mas, é urgente reabastecer a Central Eléctrica para o resto da cidade não ficar sem electricidade.
    O governante de Al Tabqah já está a reunir camiões de combustível para ajudar Al Quiza, mas vai necessitar de escolta para garantir que nada acontece ao transporte de combustível.
     
    Localização da Central Eléctrica
     

     
     
    Assim que existir mais informações serão transmitidas atempadamente.
     
                                                                                                                
    Não será uma gestão fácil de operações......mas por isso é que contamos com os melhores.
     
     
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
     
     
  7. Like
    Blackjagg recebeu reputação de felixthebig em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 07 de Setembro 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
     
    Missão: Resgate e apoio médico a Civis - Recuperação de Estruturas vitais da cidade de Al Quiza
     
    - Localizar e resgatar civis por entre os escombros na zona mais atingida pelos Bombardeamentos.
    - Protecção ao Hospital de Campanha da IDAP
    - Segurança e Transporte do Dr. Götz Gerresheim até ao Hospital de Campanha
    - Transporte e segurança de combustível para reabastecimento da Central Eléctrica a sul de Al Quiza
     
     
    AO para 10-09-2020
     

     
     
    Actualmente a equipa da IDAP está num caos ao nível de gestão de recursos humanos e materiais. Foi nomeado o Dr. Götz Gerresheim para reorganizar a equipa da IDAP no terreno.
    A sua experiência em situações similares no passado, certamente irá surtir efeito imediato. A sua localização actual é no porto da cidade de Damnah, noroeste da AO. Será necessário o transporte e segurança do Dr. Götz Gerresheim até ao hospital de campanha. O Hospital de Campanha será localizado num prédio em construção que não foi alvo dos bombardeamentos.
    Com os bombardeamentos, a cidade ficou com algumas estruturas vitais danificadas entre as quais condutas de água e distribuição eléctrica. Várias equipas de reparação estão no terreno a tentar reparar o mais rápido possível e restabelecer a distribuição na área atingida, contudo existe outro problema, a central eléctrica a sudeste de Al Quiza está com um nível de combustível abaixo do mínimo. O Governo Estatal já empenhou todos os seus recursos nas reparações das linhas de distribuição de água e luz, mas, é urgente reabastecer a Central Eléctrica para o resto da cidade não ficar sem electricidade.
    O governante de Al Tabqah já está a reunir camiões de combustível para ajudar Al Quiza, mas vai necessitar de escolta para garantir que nada acontece ao transporte de combustível.
     
    Localização da Central Eléctrica
     

     
     
    Assim que existir mais informações serão transmitidas atempadamente.
     
                                                                                                                
    Não será uma gestão fácil de operações......mas por isso é que contamos com os melhores.
     
     
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
     
     
  8. Like
    Blackjagg recebeu reputação de PeterSang em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 07 de Setembro 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
     
    Missão: Resgate e apoio médico a Civis - Recuperação de Estruturas vitais da cidade de Al Quiza
     
    - Localizar e resgatar civis por entre os escombros na zona mais atingida pelos Bombardeamentos.
    - Protecção ao Hospital de Campanha da IDAP
    - Segurança e Transporte do Dr. Götz Gerresheim até ao Hospital de Campanha
    - Transporte e segurança de combustível para reabastecimento da Central Eléctrica a sul de Al Quiza
     
     
    AO para 10-09-2020
     

     
     
    Actualmente a equipa da IDAP está num caos ao nível de gestão de recursos humanos e materiais. Foi nomeado o Dr. Götz Gerresheim para reorganizar a equipa da IDAP no terreno.
    A sua experiência em situações similares no passado, certamente irá surtir efeito imediato. A sua localização actual é no porto da cidade de Damnah, noroeste da AO. Será necessário o transporte e segurança do Dr. Götz Gerresheim até ao hospital de campanha. O Hospital de Campanha será localizado num prédio em construção que não foi alvo dos bombardeamentos.
    Com os bombardeamentos, a cidade ficou com algumas estruturas vitais danificadas entre as quais condutas de água e distribuição eléctrica. Várias equipas de reparação estão no terreno a tentar reparar o mais rápido possível e restabelecer a distribuição na área atingida, contudo existe outro problema, a central eléctrica a sudeste de Al Quiza está com um nível de combustível abaixo do mínimo. O Governo Estatal já empenhou todos os seus recursos nas reparações das linhas de distribuição de água e luz, mas, é urgente reabastecer a Central Eléctrica para o resto da cidade não ficar sem electricidade.
    O governante de Al Tabqah já está a reunir camiões de combustível para ajudar Al Quiza, mas vai necessitar de escolta para garantir que nada acontece ao transporte de combustível.
     
    Localização da Central Eléctrica
     

     
     
    Assim que existir mais informações serão transmitidas atempadamente.
     
                                                                                                                
    Não será uma gestão fácil de operações......mas por isso é que contamos com os melhores.
     
     
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
     
     
  9. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Luso em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 07 de Setembro 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
     
    Missão: Resgate e apoio médico a Civis - Recuperação de Estruturas vitais da cidade de Al Quiza
     
    - Localizar e resgatar civis por entre os escombros na zona mais atingida pelos Bombardeamentos.
    - Protecção ao Hospital de Campanha da IDAP
    - Segurança e Transporte do Dr. Götz Gerresheim até ao Hospital de Campanha
    - Transporte e segurança de combustível para reabastecimento da Central Eléctrica a sul de Al Quiza
     
     
    AO para 10-09-2020
     

     
     
    Actualmente a equipa da IDAP está num caos ao nível de gestão de recursos humanos e materiais. Foi nomeado o Dr. Götz Gerresheim para reorganizar a equipa da IDAP no terreno.
    A sua experiência em situações similares no passado, certamente irá surtir efeito imediato. A sua localização actual é no porto da cidade de Damnah, noroeste da AO. Será necessário o transporte e segurança do Dr. Götz Gerresheim até ao hospital de campanha. O Hospital de Campanha será localizado num prédio em construção que não foi alvo dos bombardeamentos.
    Com os bombardeamentos, a cidade ficou com algumas estruturas vitais danificadas entre as quais condutas de água e distribuição eléctrica. Várias equipas de reparação estão no terreno a tentar reparar o mais rápido possível e restabelecer a distribuição na área atingida, contudo existe outro problema, a central eléctrica a sudeste de Al Quiza está com um nível de combustível abaixo do mínimo. O Governo Estatal já empenhou todos os seus recursos nas reparações das linhas de distribuição de água e luz, mas, é urgente reabastecer a Central Eléctrica para o resto da cidade não ficar sem electricidade.
    O governante de Al Tabqah já está a reunir camiões de combustível para ajudar Al Quiza, mas vai necessitar de escolta para garantir que nada acontece ao transporte de combustível.
     
    Localização da Central Eléctrica
     

     
     
    Assim que existir mais informações serão transmitidas atempadamente.
     
                                                                                                                
    Não será uma gestão fácil de operações......mas por isso é que contamos com os melhores.
     
     
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
     
     
  10. Like
    Blackjagg deu reputação a SaLaZaR em Op. UNYOM   
    Boa tarde Comunidade,
     
    Na sequência da patrulha de ontem em  Al Quisa, foi recebida a Intel que um possível HVT estaria na zona. De acordo com a mesma trata-se do pai de Mahmud Shah - c/s Mamute, e que estará internado numa clínica privada a do lado Norte de Al Quisa.
     
    Poderá ser uma fonte vital de intel do c/s Mamute, pelo que é imperativo a sua extracção em segurança. O HVT não é perigoso e é de idade avançada, solicita-se o cuidado na extracção do mesmo. 
     O exfil será feito na LZ perto da base Estatal do Yemen a Sul de Al Quisa.
     

     
    LOBO: Tomar a posição indicada como possível localização do HVT: Trata-sede uma clínica, a Norte de Al Quisa. De acordo com a intel facultada, a mesma encontra-se vigiada por membros dos Houtis. Existe a possibilidade de nas ruínas do Castelo a NE, também existir espiões dos Houtis. Solicita-se máxima precaução; MORCEGO: Reposicionar o Pandur a NW de Al Quisa, de modo a evitar a chegada de veículos e infantaria vindos dos acessos de Norte e Noroeste; LINCE: Flanquear o possível ponto de observação dos Houtis no Castelo, e tomar aquela posição. É possível que esteja a ser usada como ponto de vigilância de toda a área em redor; JAGUAR: Efectuar a a vigilância da AO e providências CAS/MEDEVAC. Existe forte probabilidade de sermos atacados, ao verificarem que estamos a extrair o HVT.  
     
    Conforme indicado acima, existe forte probabilidade de sermos atacados, ao verificarem que estamos a extrair o HVT.
    Redobrem a atenção. Em caso de ataque, para além de assegurarmos a nossa segurança, também deveremos assegurar a segurança da população de Al Quisa.
     
    Sem mais,
     
    O Comando.
     
     
    Este post foi patrocinado por MICROSOFT PAINT 
  11. Like
    Blackjagg deu reputação a World Press em Imprensa 03/09/2020   
    Imprensa de Quinta-feira 03/09/2020
     

     
    Tradução:
     
    Esta noite houve um massacre num hotel perto de Al Nabq. Um grupo de pessoas armadas invadiu o hotel em Al Nabq e começaram a matar pessoas indicriminadamente. Pode-se pensar que é a típica operação dos Houthis, mas essa é a parte peculiar, muitos Houthis foram mortos no ataque. O governo negou qualquer envolvimento, dizendo que a morte de civis é um crime no qual nunca incorreria. Aliados do governo, os sauditas foram os primeiros a negar qualquer envolvimento. Todos os países da missão UNYOM negaram ter algo a ver com isso, reiterando que são uma missão das Nações Unidas e, portanto, uma missão de manutenção de paz.
    (Corpos amontoam-se no Hotel de Al Nabq. Um mistério da nossa guerra)
     
     
    O governo Iemenita solicitou uma reunião com as Forças Armadas Portuguesas para lidar com as tensões criadas em torno da detenção ilegal de Adil Alam no aeródromo de Al Vegh. Os aeródromos do Iémen são de importância vital pois a maior parte das nossas ajudas humanitárias e do nosso comércio é conduzida por meios aéreos. O governo Iemenita pede aos Portugueses que sejam cuidadosos no tratamento de setores estratégicos.
     
     
    A IDAP chegou à aldeia de Naba Albaker para mais uma das suas missões de ajuda humanitária. O projeto apoiado pela ONU foi auxiliado pelas tropas Portuguesas que ajudaram na entrega das caixas e da defesa da área. O lado norte da aldeia estava a ser patrulhado por insurgentes Houthi e pequenos confrontos sucederam-se. Na cidade vizinha de Al Quisa também ocorreram algumas escaramuças com poucas vítimas. Foram provavelmente incursões Houthis em território governamental.
    (IDAP a ajudar a população)
  12. Like
    Blackjagg deu reputação a SaLaZaR em Op. UNYOM   
    Boa tarde Comunidade,
     
    Vamos dar início á 4ª semana de operações no Yemen, depois da semana passada ter sido bastante intensa, e não á perspectivas que acalme nas próximas semanas.
    Temos intel das Forças Governamentais do Yemen, de que houve um ataque dos Houtis a Naba Albaker, como possível represálias ao ataque ao "OBJ DELFIM".
     
    A ARMALUSA foi chamada para auxiliar no ajuda aos feridos e comunidade local, e assegurar a segurança na zona.
     
     
    03092020
     

     
    Na POS [055102], encontra-se uma FOB do Yemen, que vai ser usada como Rendez-vous da Armalusa.
     
    LINCE: Encontram-se na Base Principal, vão ser heli-transportados para a FOB do Yemen em Qiytah [055102];
    MORCEGO: Fazem a recolha dos Veiculos dos PARAS, e fazem rendez-vous na FOB do Yemen em Qiytah;
    LOBO: Serão heli-transportados de Bakhdia, até á base da IDAP em Dayr Hafir, para proceder de material humanitário, e transporte para a FOB do Yemen em Qiytah.
     
     
     

     
     
    LINCE/MORCEGO: Assegurar a segurança de Naba Albaker, e auxilio à população local - Efetuar uma Patrulha/Reconhecimento da área envolvente, para evitar novo ataque;
    LOBO: Patrulha na cidade de Al Quisa, de modo a manter a segurança na zona, e recolha de intel que nos ajude a localizar a fonte dos ataques a Naba Albaker.
    JAGUAR: Transporte das tropas no terreno; Auxiliar na vigilância do AO de Naba Albaker; Providenciar CAS/MEDEVAC assim que solicitado.
     
    Vamos entrar numa área recém atacada, pelo que solicita-se a máxima atenção.
     
    Sem mais,
     
    O Comando.
     
  13. Like
    Blackjagg recebeu reputação de N. Reguenga em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  14. Like
    Blackjagg recebeu reputação de poispois em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  15. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Kerozen em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  16. Like
    Blackjagg recebeu reputação de 2ºSgt.P.Pragana em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  17. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Braz em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  18. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Pinho em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  19. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Luso em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  20. Like
    Blackjagg recebeu reputação de PeterSang em Op. UNYOM   
    Camaradas,
     
    O excelente trabalho realizado por todos nestas ultimas 3 semanas produziu um desenvolvimento de Intel de grande relevo para o futuro da nossa missão no Iémen. Desde as capturas de soldados inimigos, ao agradecimento de um Ancião pela ajuda dada, informando um nome de um individuo ligado aos Houtis, até à captura de um mapa com informação da rede de logística dos Houtis a Noroeste e Oeste da nossa AO.
    Tanto os interrogatórios aos prisioneiros como o mapa capturado, confirmam o nome de Mahmud Shah como alto responsável pelas operações dos Houtis no chamado Q1.
    As suas Ligações ao Daesh fazem com que use os seus recursos e aplique estratégias de uma forma menos habitual do esperado pelos Houtis.
    Apresenta consigo sempre 4 guardas pessoais e foi militar para o Governo Estatal executando várias missões "internas" como 1º Sargento. Sem razão aparente, ou conhecida, saiu do País para o Irão em 2011, regressando à cerca de um ano a pedido de Abdul-Malik Al Houti Lider atual dos Houtis.
     
     
    === Callsign atribuída a Mahmud Shah: MAMUTE ===
     
     

     

     
    --------------------------------------------------------------
     
    O Mapa capturado identifica 4 vilas como pontos vitais para as várias operações militares no Q1, desde a distribuição de armamento a suprimentos médicos e alimentares, até postos avançados dos Houtis na região a Noroeste e Oeste.
     
    - Al Dana
    - Mansoura
    - Salquin
    - Nawah
     

     
    Camaradas, qualquer informação que se possa obter sobre a localização actual ou futura do Mamute, é de extrema importância.
    O Governo Estatal pretende a sua captura com vida. Em ultimo recurso o KIA também serve ao Governo Estatal.
    Analisem as fotos e todas informações para não haver duvidas.
     
     
    Mais uma vez, EXCELENTE TRABALHO A TODOS.
     
     
    O Comando Operacional.
     
     
     
     
  21. Like
    Blackjagg deu reputação a World Press em Imprensa 29/08/2020   
    Yemen Daily acabado de sair:
     

     
    Tradução:
     
    Operações Mortais
     
    Ontem à noite, testemunhámos uma das operações mais mortíferas das forças do Enviado Especial (OSESGY) da missão UNYOM. Segundo o direito internacional, os enviados especiais estão autorizados a realizar operações de cariz ofensivo em nome das Nações Unidas. Durante a noite de 28 de Agosto, houve um total de quatro cidades sofreram incursões pelas forças Portuguesas. A aldeia a sul de Al Vegh, Bargah, Qiytah e Barhdia sofreram todas incursões por parte das Forças Portuguesas. Todos, exceto Bargah, tinham insurgentes Houthis. O número de mortos foi bastante elevado, como é de esperar com este tipo de operações. Houve algumas baixas portuguesas e uma infinidade de mortes Houthis espalhados.
     
    Força Aérea ao resgate!
     
    O Yemen Daily garantiu uma breve entrevista com o Tenente Blackjagg que confirmou que o sucesso das operações da noite passada residiu na eficiência da Força Aérea Portuguesa. Com um trabalho incrível de reconhecimento, apoio aéreo e prontidão no transporte, é certamente graças a eles que não houve mais baixas Portuguesas.
     
    Rangers Portugueses em perigo
     
    A aldeia a sul de Al Vegh foi  assaltada por um pelotão de Rangers Portugueses. Após um ataque inicial, os reforços Houthis cruzaram a fronteira de Bakhdia e passaram pela cidade de Dayr Hafir para chegar aos Rangers. Felizmente para eles, a Força Aérea estava por perto e prestaram um constante auxilio enquanto estes estavam a ser sobrecarregados e imobilizados. Percebendo os seus erros, os Portugueses correram para Bakhdia para evitar mais reforços.
     
  22. Like
    Blackjagg deu reputação a World Press em Yemen Daily 22/08/2020   
    Saiu a edição do Yemen Daily de sexta feira 22/08/2020
     

     
     
    Tradução:
    Massacre Aéreo
    Os campos de petróleo de Karemlesh foram mais uma vez palco de um massacre brutal. No dia anterior, a força aérea Saudita tinha lançado um ataque aéreo na área resultando na perda da vida de 30 civis. Hoje, a força aérea Portuguesa lançou um ataque aéreo nos campos de petróleo que, não só custou a vida a dezenas de civis, mas teve um efeito devastador na área, tendo destruído múltiplos edifícios. Os campos de petróleo estão inutilizáveis. É um rude golpe para a economia local e nacional. O Governo Iemenita pediu justificações sobre o massacre à UNYOM e ao Comando Português. É um dia triste para os Iémen e para os esforços de Cooperação Internacional.
     
    Confusão no tiroteio
    Alguns contactos foram feitos em Al Khidir e o exército Iemenita. Na confusão da batalha por Al Khidir, um Humvee Iemenita foi baleado pelas forças Portuguesas. O passageiro, Tenente Naseem Ahmed, foi ferido e transportado para o Hospital de campanha mais próximo e é esperado uma recuperação total.
     
    Luta custosa em Karemlesh
    (Luta custosa em Karemlesh viu baixas pesadas de ambos os lados)
    Ocorreram combates árduos em Karemlesh, quando os portugueses entraram na cidade de Karemlesh apoiados pelo exército Iemenita. O ataque produziu baixas mínimas no lado civil, mas a presença Houthi foi destruída no ataque. O lado Português também sofreu baixas pesadas com um veículo da ONU abatido e um esquadrão despedaçado. 
     
  23. Like
    Blackjagg deu reputação a World Press em Jornal Yemen Daily 21/08/2020   
    Boas noites, acabadinho de sair da edição
     

     
     
    Tradução:
     
    Jornalista desaparecido perto de Al Furqus
     
    Um repórter dos repórteres sem fronteiras foi dado como desaparecido em Al Furqus, perto do complexo de ajuda humanitária da ONU. Foi despachado para noticiar a missão humanitária da UNYOM e foi visto pela última vez a caminho do complexo onde se encontravam as forças armadas Portuguesas. O Yemen Daily pede a todos os que possam saber algo sobre o seu paradeiro que entrem em contacto com as autoridades locais.
     
     
    Ataques aéreos Sauditas
     
    Enquanto os Houthis tentavam atacar as reservas de petróleo situadas em Karemlesh, a força aérea Saudita conduziu uma série de ataques aéreos na região. As baixas Houthis foram mínimas, enquanto as civis foram pesadas. Há relatos de 30 civis mortos e centenas de feridos, 5 Houthis foram mortos e 20 ficaram feridos.
     
    A IDAP agradece aos Portugueses
     
    As forças armadas Portuguesas ajudaram a IDAP no esforço de ajuda humanitária.
    As forças armadas Portugueses têm vindo a ajudar a IDAP no esforço de ajuda humanitária. Enquanto a IDAP distribuía rações humanitárias, as forças Portuguesas ficaram responsáveis por manter as áreas seguras, tanto para os civis como para os trabalhadores da IDAP. Aqui no Yemen Daily nós apreciamos sempre as Forças Armadas Portuguesas.
     
  24. Like
    Blackjagg recebeu reputação de felixthebig em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 20 de Agosto 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
    Missão: Apoio à Organização IDAP
     
    - Providenciar segurança ao importante trabalho da IDAP na distribuição de alimentos e outros bens de primeira necessidade, nas Vilas de AL Furqus, Al Raayan e Al Nozha.
    - Transporte e segurança dos bens a serem distribuídos.
    - Criação de controlos de tráfego de viaturas nos acessos próximos dos locais de distribuição da IDAP
    - Resposta rápida a todo o tipo de acção hostil que possa ocorrer contra a população e Organização IDAP.
    - A resposta a qualquer pedido de ajuda às forças estatais Iemenitas pode ser dada desde que não se comprometa a segurança tanto da População como da Organização IDAP.
     
    AO - 20-08-2020

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
     
    Devido a "acidentes" ocorridos com as viaturas da IDAP nos últimos transportes de bens de primeira necessidade, será necessário a vossa recolha e transporte dos
    mesmos no centro IDAP-UN em Dayr  Hafir, para os locais designados.
     

     
    Intel Extra:
    - Toda a zona a norte da AO, é uma zona abundante de espécies animais permitidas para caça. Solicita-se cautela na identificação e abordagem a civis na posse de armas semi-automáticas. Todas as armas que estejam dentro dos parâmetros da classificação como militar, devem ser confiscadas e entregues às forças estatais assim que possível. Os civis que detenham essas armas, deveram ser deixados em liberdade desde que não tenham qualquer tipo de atitude contra a entrega das armas, caso contrário deveram ser detidos e entregues às autoridades Estatais Iemenitas.
    - Em Al Nozha existe uma mesquita bastante frequentada, seria conveniente qualquer tipo de acção discreta para segurança da mesquita. Será bom demonstrar que a ONU está presente sem criar distúrbios nos hábitos de culto da população.  
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
  25. Like
    Blackjagg recebeu reputação de Braz em Op. UNYOM   
    == Operação UNYOM ==
     
    OSESGY(Special Envoy) 20 de Agosto 2020
    Responsabilidade a cargo do Alto Comissário da ONU Sr. Martin Griffiths.
     
     
    Missão: Apoio à Organização IDAP
     
    - Providenciar segurança ao importante trabalho da IDAP na distribuição de alimentos e outros bens de primeira necessidade, nas Vilas de AL Furqus, Al Raayan e Al Nozha.
    - Transporte e segurança dos bens a serem distribuídos.
    - Criação de controlos de tráfego de viaturas nos acessos próximos dos locais de distribuição da IDAP
    - Resposta rápida a todo o tipo de acção hostil que possa ocorrer contra a população e Organização IDAP.
    - A resposta a qualquer pedido de ajuda às forças estatais Iemenitas pode ser dada desde que não se comprometa a segurança tanto da População como da Organização IDAP.
     
    AO - 20-08-2020

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
     
    Devido a "acidentes" ocorridos com as viaturas da IDAP nos últimos transportes de bens de primeira necessidade, será necessário a vossa recolha e transporte dos
    mesmos no centro IDAP-UN em Dayr  Hafir, para os locais designados.
     

     
    Intel Extra:
    - Toda a zona a norte da AO, é uma zona abundante de espécies animais permitidas para caça. Solicita-se cautela na identificação e abordagem a civis na posse de armas semi-automáticas. Todas as armas que estejam dentro dos parâmetros da classificação como militar, devem ser confiscadas e entregues às forças estatais assim que possível. Os civis que detenham essas armas, deveram ser deixados em liberdade desde que não tenham qualquer tipo de atitude contra a entrega das armas, caso contrário deveram ser detidos e entregues às autoridades Estatais Iemenitas.
    - Em Al Nozha existe uma mesquita bastante frequentada, seria conveniente qualquer tipo de acção discreta para segurança da mesquita. Será bom demonstrar que a ONU está presente sem criar distúrbios nos hábitos de culto da população.  
     
    === OSESGY HEADOFFICE ===
     
    Martin Griffiths
×
×
  • Criar Novo...