Ir para conteúdo

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 19/01/2019 in all areas

  1. 12 points
    SaLaZaR

    MINUSS

    "Operação Big Blue" Boa noite Armalusa, Conforme anunciado no Briefieng da semana, iremos ter a visita do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, como tal, a FND foi destacada para assegurar a segurança da reunião entre o Secretário-Geral das Nações Unidas e os representantes das milícias e a força do regime, de modo chegar a um tratado de paz. Foi cedida autorização para entrada no Distrito do Sul. A reunião irá ser feita em Kyari Kinai. À semelhança de missões anteriores, trata-se de uma missão de carácter Muito Importante, pelo que a missão terá designação OPSEC. SGNU António Guterres - "Pintassilgo" Aeródromo Dr. Jones - "Área Zero" Mallumti Burin - "Whiskey1" Yusufari - "Wiskey2" Kyari Kinnai - "Foxhole" Balama Kurdi - "Greyzone" Checkpoints - "Astro 1-2-3-4-5-6" 29082019: Comandos: > Irão ser transportados via helicóptero para o Campo Camará, para posteriormente fazer a deslocação para o Aeródromo Dr. Jones "Área Zero", através de viatura blindada PANDUR, e assegurar o perímetro do mesmo. Paras: > Irão ser transportados via helicóptero para o Campo Camará, para posteriormente fazer a deslocação para o Aeródromo Dr. Jones "Área Zero", através de viatura ligeira blindada HUMVEE, e assegurar o perímetro do mesmo; > Poderá ser necessário fazer deslocar parte da Força Paraquedista para o FOXHOLE, para auxilio dos OE's. Rangers: > Irão ser transportados para Aeródromo Dr. Jones "Área Zero", onde irão ter uma viatura ao vosso dispor, fazer a patrulha do traçado desde a Área Zero até ao FOXHOLE. JAGUARES: > Transporte das unidades, conforme acima descrito; > Patrulha aérea do Convoy desde Campo Camará, até Área Zero; > Após a "Área Zero", fazer RTB até a Main Base. 30082019: Adotar o procedimento de transporte de HVT por meio de Convoy. - Convoy Leader: Ten @sneek - Callsign viaturas: "Victor" Comandos: > Assegurar a dianteira do Convoy até FOXHOLE e assumir posição de perímetro em área a designar; Paras: > Assegurar a segurança do "Pintasilgo" até FOXHOLE e assumir posição de perímetro em área a designar; > Auxilio do perímetro dos OE's. Rangers: > Assumir posições estratégicas no FOXHOLE, até chegada do SGNU. Uma boa missão a todos!! JAGUARES: > Fazer o Transporte do "PINTASSILGO" desde a Main Base, até a Área Zero; > Fazer a segurança aérea do Convoy até "FOXHOLE", e espaço aéreo do mesmo, até a zona estiver segura. "Dos Fracos Não Reza a História" O COMANDO.
  2. 12 points
    SaLaZaR

    MINUSS

    Boa Noite Caríssimos, Está-se a apertar o cerco às milícias que têm flagelado a Centro do país do Sudão do Sul. Com as operações das semanas passadas, conseguimos cortar o acesso das milícias às zonas Este e Central do país, assim como o cessar o tráfico de armas nesta zona do País. Segue o Briefing para os dias 01082019 e 02082019: 01082019 - Logística: > Equipa "Alpha": Terá como função a detonação do depósito de explosivos em Samari, assegurando a segurança da vila antes e após a explosão; > Equipa "Bravo": Conforme referido anteriormente, o campo de cultivo de estupefacientes e respetiva fábrica de Salmari foram deixadas sem proteção, após o ataque de 26072019. Ponto 1: Assim sendo, terão que fazer deslocar uma das secções a Salmari, localizar e assegurar a fábrica de estupefacientes, para posterior deslocamento da Alpha para demolição da mesma; Ponto 2: Fazer deslocar uma equipa ao "Campo Camará", para levantar o material necessário para a missão de 02082019: Material médico (imprescindível), munições, explosivos, etc.; > FA "Jaguares": Terão papel fulcral para localizar o acampamento onde possivelmente, estarão os civis raptados. De acordo com a intel obtida pelo HVT capturado pelos OE's, sabemos que esta milícia opera entre o Sudão do Sul e a Etiópia (Fronteira Oeste). A informação obtida refere que estão num acampamento improvisado numa área florestal, compreendido entre as cidades fronteiriças de Walada e Geydam-Tchoukou. - A missão será fazer uma patrulha aérea sobre a àrea 0609/1216. De modo a salvaguardar a missão, essa patrulha será efetuada numa aeronave civil - Cessna 172. É solicitada a patrulha numa altitude considerável, de modo a não deixar suspeitas. - É PROIBIDO invasão do espaço aéreo da Etiópia, sob o risco se serem abatidos; - Se possível, auxiliar no transporte de material logístico. > Equipa "Charlie": Terão que se fazer deslocar para a área de operações acima designadas - 0609/1216, fazer o reconhecimento avançado da possivel localização dos civis raptados. A área de inserção será designada por vocês. ==//====//====//== 02082019 - SAR - search and rescue em ambiente noturno: Conforme info acima: "De acordo com a intel obtida pelo HVT capturado pelos OE's, sabemos que esta milícia opera entre o Sudão do Sul e a Etiópia (Fronteira Oeste). A informação obtida refere que estão num acampamento improvisado numa área florestal, compreendido entre as cidades fronteiriças de Walada e Geydam-Tchoukou." Existem 2 estradas de entrada no país nesta zona do país: Route 28 a Norte, e a Route 32 a Sul. Tratando-se de uma operação perigosa, estando em risco a vida dos civis raptados, a missão será OPSEC - Especial atenção aos RTO: TRATAR TUDO PELO CALLSIGN!! - Walada, será atribuído o Callsign "NU" ou "November Uniforme"; - Geydam-Tchoukou, será atribuído o Callsign "SIGMA"; - Route 28 - Callsign "ROMEU 8"; - Route 32 - Callsign "ROMEU 2"; - Estrada para Sul Walada - "SIERRA 8" - Estrada Norte GT - "SIERRA 2" - Interseção das duas - "SIERRA 4" - Ojetivo SAR - Callsign "HAVOC" - LANDING ZONE - Callsing "REDHOT" - Havendo mais que um LZ, deverá ser numerado, p.ex. REDHOT 1, REDHOT 2, etc. FASE 1: > ALPHA: Posicionar e assegurar "NU", de modo a assegurar "ROMEU 8"; > BRAVO: Posicionar e assegurar "SIGMA" de modo a assegurar "ROMEU 2"; > CHARLIE: SAR "HAVOC" - eliminar forças hostis que estejam no área e extrair os civis em segurança - Designar HAVOC EXFIL e informar JAGUARES. > "JAGUARES": Ponto 1: Designar um RPA Pilot: REMOTELY PILOTED AIRCRAFT PILOT: Terá como função guiar a Charlie no SAR ao "HAVOC", e trabalhar em conjunto com o COMANDO na análise e comando e controlo da AO; Ponto 2: Manter em prontidão imediata um helicóptero com capacidade CAS e Exfil, para assim que solicitado, fazer o exfil dos civis, no "REDHOT". Fase 2: >>> Assim que e Charlie tenha o HAVOC, ALPHA e BRAVO fazem rendezvous junto da mesma, de modo a possibilitar o transporte da mesma para a safezone - Gororop: 129112, ou caso haja tempo disponível, a Main Base Marey. Será uma missão de risco, espero o melhor de todos. Se puderem aparecer um pouco mais cedo, agradeço muito. INFO Importante: Alpha e Bravo estão autorizadas a utilizar supressores na operação de 02082019. O COMANDO.
  3. 12 points
    J. Gomes

    MINUSS

    Camaradas, Ontem foi o "dia 0" da nossa estadia no Sudão do Sul, infelizmente começámos mal, aparentemente o avião teve uma avaria e tivemos que sair do mesmo logo na fronteira e andámos muuuuuuito apiados, com fome e sede passamos algumas dificuldades, ainda tivemos alguns feridos que já se encontram a 100% e estão aptos a continuar comnosco. Tivemos também contacto com alguns membros inimigos e 1 veic. Ligeiro .50cal. Hoje vamos iniciar manobras, Próximas tarefas, Investigar crash site do c130, e reaver qualquer material que se encontre no local, Começar a procura por intel sobre possiveis locais usados pelas milicias, Transportar a ajuda Humanitária para os civis, Passar nas cidades mais perto da nossa base para "sermos vistos" e criar boas relações, E mais algumas coisas pontuais. Civis Ontem houve pelo menos 1 baixa civil, que foi atropelado inadvertidamente, é possivel que a população esteja um pouco menos tolerante á nossa presença. Equipamento Cada Companhia tem 1 caixa na sua tenda, com capacetes entre outras coisas. Em missão Todos os militares devem ter um capacete na cabeça ou na mala. É responsabilidade dos militares terem 2 cantis de água e 1 MRE para seu próprio consumo, se forem numa missão que se prevê longa podem levar o suficiente para sobreviver durante o tempo da missão. Deverão ter entre 6 a 8 carregadores quando saem em missão, excepto os MG. Quando saem em patrulha deverão carregar todo o material necessário para 2 dias de sobrevivência, excepto quando há ordens claras de que a patrulha será apenas 2 horas. Engenheiros É da vossa responsabilidade lembrar os vossos SL sobre a necessidade de transportar o fato de EOD, lembrem-se que pode ser a diferença de morrerem ou não. Romeus Todos os ROMEUS se devem juntar á equipa Bravo, (Paraquedistas) a menos que recebam ordens diferentes. MAJOR J. Gomes
  4. 12 points
    J. Gomes

    Equipa de Support

    Boa tarde camaradas, Informo que está em curso a abertura de uma nova companhia, esta companhia será de 4 membros para já e vai ser especializada em mecanizada e artilharia, também vai ser a squad responsável pela logistica nas missões, extrações terrestres, e mais qualquer coisa no futuro... Este será algum do equipamento disponivel, e também uniforme e capacete, esta nova unidade vai pertencer ao exército e usa a boina do exército. Ficam sobre a alçada da BRR mas vão ser independentes de qualquer equipa. Os interessados podem me contactar.
  5. 12 points
    PCanas

    2° Almoço Armalusa

    Da esquerda para a direita: Em cima: Black Jagg, Carlos, José, Darkbeast, Pidukes, Luso, Salazar, Luís, Jaws, Raising, Grester, Asy, Dark Jack, Sneek, RC, Kerozen, Ace, MChelio, Brás, Pedro, Palma, Ficticious, Fábio Em baixo: Miguel, Bruno, Sarge, Sandro
  6. 12 points
    Boas a todos, deixo-vos alguns dados referentes á assiduidade e participação global de missões e treinos, UNAMA** Missões - 86.2% Treinos - 84.9% Importante salientar o aumento de assiduidade comparando com a campanha anterior (MINUSCA), quer dizer que a malta cada vez mais, está mais interessada e também que compreende o conceito das faltas. MINUSCA Missões - 69.44% Treinos - 56.9% Os membros que mais se destacam em relação á assiduidade são : Missões + 40 missões @BrunoDG - 47 presenças em 47 possiveis @PeterSang - 44 presenças em 44 possiveis Treinos + 25 treinos/ 2º, 5ºfeiras @PeterSang - 32 em 32 @Cbo. Adj. Reguenga - 32 em 32 @sneek - 32 em 32 @Eaglesnuke - 25 em 25 Participaram desde o dia 5 de Janeiro de 2018, 81jogadores. Temos atualmente 35+1(eu) players efetivos em Squads e 4 soldados que podem vir a incluir uma das Squads brevemente. Máximo número de jogadores em missão AL : 42 Tivemos 4 Campanhas EUROPA - 5.01.2018 até 23.03.2018 DESERT CAMEL - 30.03.2018 até 6.07.2018 MINUSCA - 20.07.2018 até 19.10.2018 UNAMA - 8.11.2018 até 28.02.2019 53 missões 32 semanas* de treino ( desde que começámos a controlar os dados) Cursos especiais Médico - 13 membros passaram no curso Engenheiro - 7 membros passaram no curso AT - 12 membros passaram no curso ** Referente a todas as equipas que terminaram a campanha. Obrigado a TODOS !!
  7. 11 points
    SaLaZaR

    OPERAÇÃO WHITEGULF

    Boa Noite a todos, Após o julgamento de “El Chapo”, em reunião com a DEA e vários representantes dos governos do México, Colômbia, Venezuela e Equador, com a ONU, foi decidido a implementação da Operação “WhiteGulf” para travar a crescente vaga de crimes e tráfico de estupefacientes. Plantações de drogas, tráfico de Armas, tráfico humano, lavagem de dinheiro, corrupção e associação criminosa são os pontos chave determinados a funcionar como objectivos principais desta operação. Embora os altos dirigentes da ONU desaconselham veementemente a intervenção militar contra estes crimes mas os representantes dos governos e a DEA, conseguiram demonstrar que os cartéis representam e funcionam como pequenos exércitos e como tal, deve ser combatido pela mesma força (militar). O Presidente da Colombia Iván Duque Márquez quer por força mostrar ao mundo que ao contrário de alguns dos seus antecessores, ele está isento de qualquer tipo de ligação à corrupção que favorece o narcotráfico. Assim sendo, foi destacada a BRR portuguesa para intervir na Colômbia em cooperação com o governo e exército colombiano. O primeiro objectivo é desmantelar o cartel Clan del Golfo (aliado do cartel Sinaloa de “El Chapo”, no México). O ELN vem por acréscimo por ser uma força paramilitar com ideologias de extrema-esquerda que quer uma Revolução de Cuba na colômbia, e quer derrubar o sistema democrático e dominar zonas chave da Colômbia. Muitas dessas zonas são dominadas pelos cartéis. O ELN que tomar posse das zonas que são verdadeiras rotas de narcotráfico para poderem financiar-se para a sua luta. Essas rotas estão na posse do Clan del Golfo, o que torna este Clan um inimigo da ELN. Forças Aliadas: Exército Colombiano ; Polícia Nacional Colombiana Forças Inimigas: Clan del Golfo (AGC) (1) ; Exército Libertación Colombiana (ELN) (2) (1) (2) ELN - Uma parte significativa dos rendimentos do ELN advêm do "imposto de guerra", a que sujeita as companhias petrolíferas e eléctricas, e dos sequestros a troco de resgate. O ELN é responsável pela maioria dos sequestros na Colômbia. Até a morte de seu líder histórico,Manuel Perez, um padre espanhol que chefiou o movimento durante cerca duas décadas (até 1998), o ELN não se dedicava ao narcotráfico. O Observatório de Minas Anti-Pessoal coloca a hipótese não confirmada que o ELN, armam minas anti-pessoal com o objectivo de proteger os cultivos ilícitos de folha de coca para a fabricação de cocaína. Nos últimos anos o ELN tem-se incluído no negócio de mineração ilegal, isto é, aquela que não detém títulos mineiros nem control por parte do governo colombiano; principalmente na extorsão aos donos e exploradores destas minas ilegais, quem lhes paga uma percentagem do valor da sua exploração ou o direito de incluir retroescavadoras na sua área de influência, a troco de continuar a aproveitar os recursos naturais no subsolo. O principal recurso natural que se explora nestas minas ilegais é o ouro, das quais se crê que o ELN tem várias actividades de exploração directa, causando graves danos ao ecossistema de onde estão localizados estes depósitos, resultado do uso indiscriminado das rectroescavadoras para remover o subsolo dos bosques e a irresponsável disposição junto a fontes de água de mercúrio e cianeto, vitais para separar o ouro da terra removida, causando doenças na população civil. Pelo elevado custo do ouro no mercado internacional, converteu-se numa actividade igual ou mais rentável que o narcotráfico. Desde 2017 que se denuncia a presença na Venezuela do ELN e de dissidências das FARC, fazendo trabalhos como capatazes nas explorações de ouro, diamantes e coltan dos estados Bolívar, Apure e Amazonas; os dois últimos fronteiriços com a Colômbia, de onde estariam a trabalhar em aliança com o regime bolivariano para explorar os recursos minerais, transportá-los e entregá-los ao governo venezuelano, que agora recorre à exploração mineira como nova fonte de ingressos perante o declive da sua produção petrolífera, o que veio como consequência da crise económica, política e social que, em 2018, ainda padece o país vizinho, dando às Forças Armadas Venezuelanas um papel passivo fazendo-se “vista grossa” nos lugares onde estão os grupos ilegais colombianos. Clan Del Golfo (AGC) - A antiga Autodefensas Unidas de Colombia (AUC) foi uma organização paramilitar contra-insurgente e terrorista de extrema direita que participou no conflito armado interno na Colômbia, sendo o grupo criminoso a que foi atribuído o maior número de vítimas na Colômbia, com 94.754 assassinatos, incluindo mais do dobro de assassinatos cometidos pelas guerrilhas colombianas. Consolidou-se como um agrupamento paramilitar nos finais da década de 90 e o seu principal objectivo era, no início, combater organizações de esquerda ilegais como as FARC-EP, a ELN ou o ELP em várias regiões da Colômbia, aquelas que estavam controladas por várias facções do grupo guerrilheiro. Em 2006 desmobilizou-se o último dos 30150 homens que, segundo o alto comissário para a paz Luís Carlos Restrepo, pertenciam às AUC. A origem do grupo remonta a uma região chamada Urabá, um golfo localizado perto dos departamentos de Antioquia, Córdoba e Chocó, junto à fronteira com o Panamá, uma zona por onde se traficam drogas, devido a que são «corredores estratégicos» por onde se pode enviar mercadorias a outros destinos nacionais e internacionais. Ainda que as suas actividades começaram no Golfo do Urabá, a origem da organização está ligada a uma zona conhecida como Orinoquía ou os Llanos Orientales, de onde o narco-paramilitar Daniel Rendrón Herrera conhecido por Don Mario realizava todo o tipo de operações no Bloque Centauros, uma facção militar das AUC. Para as AUC, os Llanos sempre foram um corredor estratégico, um lugar onde se realizaram actos criminosos. O sector petrolífero e rancheiro sofreu constantes ataques. Os paramilitares apoderaram-se militarmente da zona, onde também se cometeram extorsões. E em alguns casos se supervisionava a produção de cocaína, por meio de laboratórios clandestinos. Naquela época, vendedores e todo o tipo de pessoas vinculadas ao narcotráfico enfrentaram-se com a guerrilha das FARC pela zona estratégica dos LLanos Orientales. No final da década de 90, os paramilitares e chefes máximos das AUC, Carlos e Vicente Castaño, deram ordens às suas milícias com fim a controlar e operar todos os negócios relacionados com a droga, tarefa que também era feita pelas FARC. No início da década de 2000, Carlos e Vicente propõem vender um dos seus esquadrões militares a Miguel Arroyave, um narcotraficante que finalmente conseguiu a compra do esquadrão por US $ 7.000.000. Sob a supervisão de Arroyave e Rendón, o Bloque Centauros estabeleceu-se como uma das facções guerrilheiras mais importantes das AUC. O seu objectivo principal estava relacionado com o negócio do narcotráfico, também extorquiam empresários e pessoas dedicadas ao sector agrícola, assim como, os membros do grupo estabeleceram o chamado «imposto revolucionário» como sistema de financiamento. A extorsão também se estendeu a todas aquelas pessoas que comercializavam qualquer tipo de produtos, incluindo empresas petrolíferas que chegaram a pagar $20.000.000 mensais, segundo as declarações de vários ex-membros do grupo armado. O Bloque Centauros empreenderia uma série de ataques contra um grupo militar que actuava na zona, que era conhecido pelo nome de Autodefensas Campesinas de Caanare ( ACC). Uma das organizações mais antigas da Colômbia, liderada por Héctor José Buitrago Rodríguez. Durante 2004, a confrontação militar entre os dois grupos deixou uma grande quantidade de mortos, pelo menos 2000 pessoas perderam a vida. Finalmente, Daniel Rendón retirou-se para os Llanos Orientales, depois de várias discussões com MIguel Arroyave. Perante toda a situação sofrida, Daniel Rendón decidiu viajar ao golfo de Urabá. Uma vez localizado na região, consegue estabelecer contactos com o seu irmão Freddy Rendón Herrera, conhecido por El Aléman, outro narcoparamilitar e chefe máximo do denominado Bloque Elmer Cárdenas. No entanto, Miguel Arroyaves sofreu um atentado: membros das suas tropas decidiram assassiná-lo, com a ajuda de Pedro Oliviero Guerrero Castillo, um membro raso das AUC. Finalmente Freddy Rendón Herrera entregou-se às autoridades, enquanto o seu irmão Don Mario conseguiu estabelecer-se e controlar grande parte das actividades que anteriormente eram uma prioridade para Freddy. Uma das principais tarefas foi recrutar todo o pessoal possível que alguma vez trabalhara para o seu irmão, também falou com alguns membros da guerrilha do Ejército Popular de Liberación (EPL), com fim de vinculá-los e trabalhar sob o seu mandato. Uma vez consolidado dentro da região do Urabá, Don Mario enviou vários carregamentos de droga para a América Central, por meio de lanchas e botes. Até um máximo de vinte embarcações chegavam directamente ao seu destino. Daniel foi considerado « o capo do narcotráfico da Colômbia», segundo a opinião pública. Daniel Rendón tentou expandir o seu império, pelo que foi até ao Sul de Córdoba, pela região de Bajo Cauca, no Norte de Antioquia. Também viajou à cidade de Medellín, que estava controlada pela temida Oficina de Envigado (outro grupo criminoso e “descendente” do grupo de Pablo Escobar). Os homens de Daniel Rendón começaram uma luta contra os Paisas e pouco depois contra a Oficina de Envigado. A polícia culpou a organização de Daniel Rendón pelo homicídio de umas 3000 pessoas entre 2007 e 2009. A 15 de Abril de 2009, uma equipa de 300 comandos da polícia capturou Rendón numa quinta rural de Urabá. Depois da captura de Rendón, vários ex-membros do seu grupo foram trabalhar com os irmãos Úsuga David, Juan de Dios e Dario Antonio, dois ex-paramilitares de ranque médio que tinham trabalhado com Rendón desde a década de 90. Os irmãos começaram com uns 200 homens após a detenção de Rendón, e desde então conseguiram uma expansão territorial que abarca 182 municípios e também algumas zonas fronteiriças de outros países como a Venezuela, Equador e Panamá, onde se encontraram alguns membros. No início do mês de Janeiro de 2012, o chefe máximo do grupo, Juan de Dios é abatido pela polícia, numa quinta localizada no departamento de Chocó. Perante este eventual acontecimento, o Clã Úsuga empreendeu vários ataques contra as autoridades, como justificação da morte do seu chefe. O grupo destribuiu uma grande quantidade de panfletos ameaçadores e impediu a continuidade das actividades comerciais. Enquanto o seu irmão Dario Antonio finalmente ficou como chefe absoluto do grupo. Segundo a Corporação Novo Arco Íris, uma organização que promove a paz e o diálogo como resposta ao conflito armado na Colômbia, os do Clã Úsuga « são uma espécie de exército privado dos testa-de-ferro dos antigos paramilitares e estão a cobrar dívidas dos mesmos». O Clã Úsuga começou por denominar-se Clã Urabeños mas para evitar que pessoas que viviam em Urabá continuassem a ser conectadas com o Clã, passou a denominar-se Úsuga. No entanto Úsuga é um apelido disseminado por toda a Colômbia, daí que, alterou-se novamente a denominação e passou a ser Clã del Golfo já que a sua principal actividade centrava-se no Golfo de Urabá. Após a captura de Don Mario o clã para não perder a ala política que provinha ainda da antiga AUC, autodenominou-se Autodefensas Gaitanistas de Colómbia (AGC) Equipamentos: O equipamento pessoal será semelhante à campanha anterior, pelo que fizemos actualização ao armamento e ópticas, de acordo com o novo equipamento do Exército Português: Mapa da Área de Operações da FND Armalusa: De acordo com a informações obtida através da Polícia Nacional Colombiana, as áreas a Azul e Vermelho são as áreas onde se registaram maiores atividades dos Cartéis que vamos combater: O Quartel-General (QG) da Armalusa, irá ficar sediado na Base Aérea Pathfinder. COMUNICAÇÕES: A VOSSA ATENÇÃO AOS CALLSIGNS: Comandos: "MORCEGO" SW - FREQ. 110MHZ Paraquedistas: "LOBO" SW - FREQ. 120MHZ Rangers: "LINCE" SW - FREQ. 130MHZ FAP: "JAGUAR" LW - 30MHZ (Utilizar a frequência de Comando para solicitar a JAGUAR) "JAGUAR 1" Capitão @Luso ; "JAGUAR 2" @sandro1500 ; "JAGUAR 3" @1ºCb C. Martins COMANDO: "GATO-BRAVO" LW - 30MHZ EQUIPAS: LW: 31MHZ LISTA DE MODS: https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1853090454 Sem mais, Gato-Bravo Terminado.
  8. 11 points
    Kerozen

    Criadores de conteudo

    Equipa Bravo em Marwey
  9. 11 points
    J. Gomes

    MINUSS

    Comando, Dia 1 da MINUSS Camaradas, ontem tivemos o inicio oficial da campanha, e que dia. As squads, Alfa e Bravo foram destacadas para uma patrulha que deveria ser na 2 aldeias mais próximas da nossa base, para começarmos a ter um perimetro de segurança, mas acabamos por não sair da 1° aldeia pois foram surpreendidos em 2 ou 3 situações. O plano para estas duas squads foi: O transporte das squads ficou encarregue da Alfa, formando um convoy com 3 veiculos, 2 HUMMVEE, a fazer segurança ao camião de transporte. Já na aldeia a Bravo ficou com a parte interior da aldeia, criando uma patrulha mais próxima da população civil, e caso fosse necessário intervir, já a Alfa por sua vez fez um patrulhamento no exterior da aldeia, prevenindo que alguém podesse entrar e surprender a Bravo. Contactos: Aparentemente a Bravo deu de caras com o que parecia uma tentativa por parte dos insurgentes de intimidar os civis, pois dentro da aldeia encontraram pelo menos 1 civil preso na zona onde tiveram o 1°contacto da patrulha, acabaram por eliminar os insurgentes ficando 1 ou 2 feridos da Bravo a registar, depois da intervenção médica do elemento da Alfa que se dirigiu para prestar apoio médico, as equipas continuaram com a missão mas, logo a seguir mais 1 insurgente disparou um RPG fazendo mais 2 feridos graves, o que demorou algum tempo a restabelecer a Bravo novamente. Mais tarde depois de retomadas as missões das 2 squads, foi a vez da Alfa ser surpreendida por trás, vindo da floresta na retaguarda da Alfa apareceram cerca de 20 insurgentes que conseguiram fazer uma longa troca de tiros com a Alfa e causando mais 2 feridos ligeiros, as equipas Bravo, foram então chamadas a intervir e apoiar a Alfa, acabaram por lidar muito bem com a ameaça, e recuperar mais uma vez os feridos. O 3° contacto, foi talvez o mais intenso, devido até ao ambiente que se travou a troca de tiros, os insurgentes voltaram a vir da floresta, mas desta vez já tinhamos uma das Bravo no local e iniciaram a troca de tiros, a outra Bravo foi prestar auxilio juntamente com a Alfa, como estávamos a ser dizimados e a perder as comunicações entre SL e comando, havendo pelo menos 3/4 feridos confirmados na Bravo e sem saber do paradeiro de mais alguns, o comando optou por pedir CAS com a ordem de "danger close" pondo fumo vermelho onde estavam os inimigos, o CAS acabou por ter efeitos secundários terriveis pois acabou por dizimar mais 6 elementos da Bravo e não sei ao certo quantos da Alfa. Os inimigos acabaram por ser eliminados pelo CAS, e depois chamou-se o MEDIVAC para extração de 11/14 militares, desses 11/14 feridos tivemos 3 baixas mortais devido a um erro na missão*. Fica para a história o comportamento médico excelente do elemento médico da Comp. Dos Comandos que tratou cerca de 20 elementos durante a missão, sendo que mais de metade foi nesta ultima atuação onde havia feridos para onde quer que se olhasse, trabalho exaustivo que teve e que deu o seu melhor em prol de todos nós! Acabámos por regressar á base mais tarde e após reparação do HUMMVEE que ficou danificado. CHARLIE Não serão fornecidos dados sobre as missões dos C.T.O.E a menos que seja em conjunto com alguma das Squads. F.A. Sempre prontos iniciaram a missão envolvidos na missão da Charlie, e como tal não haverá info sobre isso, mais tarde fizeram overwatch, CAS para dar apoio á ALFA e depois novo CAS para dar apoio á Alfa/Bravo, e fizeram um excelente trabalho no MEDIVAC. *erro na missão, Devido a alterações na ultima missão, aparentemente os veic. Deixaram de ser considerados veic. Medicos ( helis e camião) No fim de semana será resolvido. Bem vindos os novos membros que por agora são Romeus, contamos convosco! Comando terminado
  10. 11 points
    Kerozen

    Arma 3 - Contact DLC

    Novo mapa
  11. 11 points
    NFC3SPECTRO

    [Pessoal] Situação Geral

    Senhores, meus mods bugaram novamente...mas além disso estou com outros desencontros de agenda que estão dificultando minha presença devido a diferença de nossos fusos horários, conforme conversei antes tenho um filho pequeno que tem Autismo, assim eu e minha esposa estamos focando todos os esforços para que ele tenha um desenvolvimento melhor, desta forma nosso filho estuda em dois períodos matutino e vespertino, final da tarde faz as terapias com psicologo, fonoaudiologo e terapeutas ocupacionais....ampliando a linha de ação arrumamos um terceiro horário mais a noite onde colocamos ele em um programa de afinação e desenvolvimento psico motor afim de que o mesmo tenha mais estímulos. Devido a todos esses fatos conjuntos tenho chegado tarde, isso quando não cansado ou mesmo tendo que continuar com meus trabalhos em casa, minha eficiência em campo já não era das melhores, agora então ficara quase a zero, assim sei que o Arma 3 exige dedicação, vontade e paciência, mas minha situação pode ser um peso a todos aqui, tal como ameaça estar fora das regras do grupo relativo a presença, trago o caso a todos para que a administração tome as melhores medidas possíveis, tal como deixo claro que entendo e concordo com qualquer que seja a decisão, e indiferente a ela me sinto honrado e agradecido por ter conhecido alguns de vocês aqui, acho o clan fantástico e mesmo seguindo e oscilando entre simulação e diversão acredito ser um dos melhores grupos, se não o melhor de Portugal, ouvi falar de muitos, mas nenhum tão citado e amado como esse grupo. Minha gratidão é sempre eterna aos bons, e posso dizer que aqui me senti e me sinto em minha casa, boas pessoas, bom gameplay, vontade de aprender e se desenvolver sempre! Caso me seja permitido estarei sempre pelo menos acompanhando e tentando somar com o forum e assim que re-abrir minha agenda de maneira a sincronizar os horários estarei de volta caso seja permitido. Fica aqui um abraço a todos os membros Armalusa, tal como em especial aos senhores: SaLaZar, PeterSang, 76Jaws, José Gomes, Darkbeast, Capa, Raising e Rckiller A todos que aqui sempre foram fiéis, irmãos e guerreiros em paciência e em virtude, gratidão etérea. Spectro. Steam (caso queiram me cadastrar): https://steamcommunity.com/id/NFC3SPECTRO/ P.S. - Em meus tempos livres gosto de criar cenários no arma, assim caso esse grupo precise de algo específico, será uma honra poder servir a todos com meus préstimos.
  12. 11 points
    F1CT1C10U5

    2° Almoço Armalusa

  13. 11 points
    Rckiller

    Noticias Armalusa - Edição de Março

    Boa tarde, Foi decidido alterar o ponto nº 13 do Artigo 7. Referente à promoção do Major. Onde está escrito Deverá ler-se Ainda associado a este ponto, foi eleito um novo Major, nomeadamente, o antigo capitão @Maj. José. __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Aprovamos este ponto para comunicar os resultados do Ultima votação para o Servidor 3. Desta forma ganhou o MOD Antistasi, e irá ser realizada a alteração brevemente. 6 - Antistasi Parecido com o anterior, mas começam como uma pequena força de resistência, com pouco equipamento. O estilo de combate é guerrilha, e o objectivo é libertar o mapa das forças ocupantes. Podem andar como civis pelo mapa, podem fazer missões de recolha de intel ou mantimentos para a resistência, podem capturar equipamento aos inimigos, etc. Ter em atenção que praticamente todos os items que existem estão contados, ou seja, se capturarem 3 armas inimigas e perderem 2, ficam só com uma "em armazém". Modo PvE (Player vs Environment) ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ No dia 30 de Março será realizado o almoço Armalusa. Pede-se a todos que confirmem a vossa presença até ao próximo dia 23. _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Vai dar inicio esta 6ª Feira. A nova campanha Armalusa - Guerra em Donbass! Sigam o Facebook e o Forum para acompanharem os novos acontecimentos! https://www.facebook.com/armalusaportugal/ ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Por fim, e não menos importante, em nome de todo o Staff queremos dar as boas vindas ao novo membro de Staff. @PeterSang Sem mais assunto. Em nome do staff, RCkiller!
  14. 10 points
    Raising

    Novo servidor da comunidade

    Peço desculpa pelo atraso, mas apenas tive acesso à totalidade das despesas hoje (agora mesmo, na altura de escrita deste post). Apresento então aqui as despesas e fotografias do nosso novo servidor privado: Item Loja Preço Intel Core i5-9600K 3.7Ghz PCComponents 182.64 Samsung 860 EVO Basic SSD 500GB SATA3 PCComponents 54.88 Portes PCComponents 3.51 Caixa ATX Nox Hummer ZX com Janela Preta PCDIGA 36.5 Fonte de Alimentação Seasonic Core GC 500W 80PLUS Gold PCDIGA 36.5 Motherboard ATX Gigabyte Z390 Gaming X PCDIGA 90.98 DeepCool GAMMAXX 400 Disipador de CPU Amazon.es 19.99 Portes Amazon.es 3.99 CORSAIR - DDR4 3000MHZ 16GB 2 X 288 Vengeance LPX BLACK HEAT SPREADER 1.35V (com portes) Mbit 56.89 Total 485.88 Fotografias do mesmo: O servidor está sempre ligado em minha casa em modo de suspensão (para poupar eletricidade), no entanto configurei tudo para dar acesso remote por teamviewer a qualquer pessoa da STAFF. Assim o servidor está dependente de terceiros, pudendo ser controlado por qualquer pessoa da STAFF que necessite. Também está configurado para ligar automaticamente às 21:00 e suspender novamente às 01:00, para o caso de haver um esquecimento ou uma falha de eletricidade. Se alguém tiver curiosidade sobre alguma coisa do servidor estou sempre disponível para vos ajudar
  15. 10 points
    Kerozen

    Arma 3 - Contact DLC

    Facções LIVONIAN DEFENSE FORCE A Força de Defesa da Livônia (FDL) é uma facção militar nova e relativamente pequena, idealmente adequada ao seu papel de proteger o território da Livônia. A maior parte de suas forças são elementos de infantaria, motorizados e mecanizados. O FDL tem acesso a uma Força Aérea muito modesta. Grande parte de seu equipamento está disponível em camuflagem 'geométrica' de floresta distinta. A facção foi construída a partir de uma mistura de assets novos e existentes e é completada por novos rostos de personagens e protocolos de rádio (vozes de personagem) Polacos. RUSSIAN SPETSNAZ Altamente treinados e versáteis operadores russos Spetsnaz do 223º Destacamento de Propósito Específico foram adicionados. Eles fazem uso de uma mistura de equipamentos existentes e novos, mas também recebem novos rostos de personagens e protocolos de rádio. Grande parte de seu equipamento tem um padrão de camuflagem taiga ou verde claro. Armas PROMET 6.5 MM A arma modular de configuração bullpup Promet é a principal arma de serviço do FDL. É conhecida pela sua alça de transporte com óptica ampliada de 2,5x integrada. Além de uma variante de atirador com cano longo, ela também pode ser equipada com um lança de granadas de 40 mm. Equipas tácticas podem optar por montar um módulo shotgun de calibre 12 com um cilindro de disparo rápido. É fabricada em varias de opções de cores. RPK-12 7.62 MM A família de armas AK-12 foi aumentada com a variante Light Machine Gun RPK-12 para os machine gunners. Ela possui um cano mais longo com bipé integrado e um tapa chamas especial, bem como uma coronha modificada para estabilidade. Podem ser usados carregadores de alta capacidade (75 munições) para fogo prolongado. Está disponível em preto ou com pintura floresta / árida. AKU-12 7.62 MM Outra nova adição à família AK-12 é o AKU-12 para Forças Especiais e tripulantes de veículos. Tem um cano encurtado e um tapa chamas especial. Está disponível em preto ou com pintura floresta / árida. MK14 7.62 MM A Mk14 existente recebeu uma nova versão de caça civil com acabamento clássico de nogueira, Single fire e um carregador de 10 tiros. KOZLICE 12G A Kozlice 12G é uma antiga caçadeira de confiança ainda encontrada em muitas partes da Europa Oriental. É uma arma de baixa tecnologia, mas poderosa, normalmente usada por caçadores. Ao contrário de algumas outras caçadeiras de cano duplo, a Kozlice emprega um design acima / abaixo, colocando os dois canos de calibre 12 alinhados verticalmente. Estes podem ser carregados com Slug ou buckshot. Certos grupos criminosos são conhecidos por improvisar versões da caçadeira. Estas são mais fáceis de esconder e operar em espaços confinados, mas também têm um alcance efectivo reduzido. Veículos MINI UGV Este pequeno robô eléctrico de lagartas foi construído para atravessar terrenos complexos e pode transmitir uma imagens de camera ao vivo para que seu operador possa avaliar remotamente a situação. Com o seu braço giratório multi-articular, os dois principais usos do UGV são CBRN Defense e Explosive Ordnance Disposal. A variante cientifica, o ED-1E, é essencialmente um laboratório com rodas, sensores, laser de amostras e uma sonda de biopsia. Para uso militar, a variante ED-1D vem preparada com uma caçadeira; ideal para operações de desminagem e encontros imediatos. Equipamentos Este equipamento é principalmente cosmético; Algumas funcionalidades estão limitadas e disponíveis apenas no contexto da campanha do DLC.
  16. 9 points
    Raising

    Novo membro de SUPPORT

    É com todo o prazer que venho anunciar que o membro @Picolas é oficialmente SUPPORT e que me ajudará na secção de logística. O Picolas tem vindo a demonstrar boas capacidades técnicas e devido à sua presença regular e ao facto de eu ter gostado de trabalhar com ele, convidamos a juntar-se a mim no departamento logístico. Ele terá as mesmas responsabilidades que eu, por isso qualquer problema técnico que exista na minha ausência, podem falar também com o Picolas a partir de hoje. Obrigado.
  17. 9 points
    Bom dia Armalusa, Fomos convidados pela Comunidade Francesa de Arma 3 R3F - http://team-r3f.org/ , para um evento internacional, e foi-nos proposto as duas datas abaixo e precisamos de saber qual a vossa preferência, para agendarmos com maior número de elementos possível. Cumprimentos. ** IMPORTANTE** votação activa até dia 20/10/2019
  18. 9 points
    J. Gomes

    MINUSS

    Boas Camaradas, Mais uma Missão desta vez ao serviço das Nações Unidas, Apresento-vos a Operação "MINUSS" Contexto O contexto desta missão é bastante complexo, o Sudão do Sul obteve a sua independecia em 2011 e desde 2013 que vive em plena Guerra Civil, mergulhado no caos o Sudão do Sul é controlado por 2 milicias fortemente armadas, os DINKA apoiado pelo Presidente SALVA KIIR, e os NUER apoiado pelo lider da oposição RIEK MACHAR. O presidente SALVA KIIR foi membro dos DINKA e quando chegou ao governo, após o lider da oposição RIEK MACHAR ter boicotado uma reunião que serviria para negociar a PAZ, ordenou o desarmamento das forças militares e ordenou o rearmamento dos DINKA, em resposta a esta medida os NUER também se rearmaram e desde então a PAz foi algo que nunca se obteve, com atos de guerra, crimes contra a Humanidade e crimes de Guerra. O povo passa Fome, não tem água nem comida, a ONU vai tentando fazer chegar ajuda humanitária através de uma empresa privada ( IDAP) mas que estão constantemente a ser atacados por estes 2 grupos. MISSÃO A pedido da ONU, vamos ser destacados para proteger o povo, proteger a ajuda Humanitária, desmantelar pontos estratégicos dos 2 grupos, ajudar na obtenção de um acordo de PAZ, eliminar a resistencia e descubrir e prender quem os rearma. DURAÇÃO A duração inicial para esta missão é de aproximadamente 12 semanas, mas que poderá ser aumentada. MODS: Colection na steam https://steamcommunity.com/workshop/filedetails/?id=1769175899 [EPS] Extra Portuguese Stuff 1.2.3 Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1253038245 [EPS-C] Extra Portuguese Stuff 1.2.3 Ace Compat Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1341101548 ace Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=463939057 ACEX Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=708250744 ADV - ACE Medical Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1353873848 ALiVE Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=620260972 BoxLoader - Vehicle in Vehicle loading Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1199318917 CBA_A3 Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=450814997 Community Factions Project (CFP) Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1369691841 CUP ACE3 Compatibility Addon - Vehicles Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=621650475 CUP ACE3 Compatibility Addon - Weapons Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=549676314 CUP Terrains - Core Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=583496184 CUP Units Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=497661914 CUP Vehicles Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=541888371 CUP Weapons Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=497660133 Kujari Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1726494027 Portuguese Military Forces - Air Vehicles Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=777821765 Spyder Addons Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=579263829 Task Force Arrowhead Radio (BETA!!!) Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=894678801 Vcom AI V3.3.2 Steam http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=721359761
  19. 9 points
    SaLaZaR

    MINUSS

    Boa tarde caríssimos, Estamos a meio da comissão no Sudão do Sul, pelo que quero-vos agradecer pelo empenho que têm tido para cumprir a missão neste país. Anda temos muito trabalho para fazer, e tempo difíceis aproximam-se, mas eu conto convosco para levar a nossa missão a bom porto. Segue o briefing para 08082019 e 09082019: A FND Armalusa foi destacada para patrulhar as margens Norte do Rio Nilo Branco. Esta é uma fronteira natural que separa a Província do Sul, do resto do país. Existem relatos do que o que resta das zonas controladas pelas milícias ficam algures nas florestas que contornam este rio. A Província do Sul é controlada pelas forças do Regime do Sudão do Sul, que estão a impor leis muito severas a quem não copera com eles, assim como a prática continuada de extorção à população civil. Existem 'checkpoints' nas fronteiras da província. Não estamos, ainda, autorizados a passar para o outro lado da margem. Irá haver sectores na nossa Área de Operações: Sector Bullet e Sector Shark. 08082019: Logística > Reabastecimento das equipas; Alpha: No final da missão de 02082019, enquanto os Rangers estavam em movimento para a Base, foram alvo de tiros vindos de Marwey. > Após reabastecimento, terão que se deslocar a Marwey e investigar a zona. Bravo: Fazer o reconhecimento da área a SE de Samari, para a missão de 09/08, principalmente Ndilgori e Lawan Andi; Charlie: Serão aerotransportados para o Sector SHARK, para posterior patrulha das vilas mais inóspitas desta área; JAGUARES: Transporte das forças para os respectivos teatros de operações. 09082019: Alpha: > Deslocação para o Sector Bullet - patrulha em Mandalari; > Patrulha do rio, na zona florestal. Existe intel de pontos ao longo do rio, que podem ser usados para fornecimentos de armas. A missão é a patrulha e demolição dos pontos; Bravo: > Controlo de Maiwa e Mawa, e caso possível, a patrulha a Gouara; Charlie: > Patrulha e controlo de Masakali. É uma vila em que sabemos que é problemática. Solicita-se precaução. JAGUARES: Houve a queixa do Uganda às Nações Unidas, relativo ao facto das forças do regime estarem constantemente a passar a fronteira sem permissão. A missão é fazer a patrulha pela zona sul do País em busca de um potencial 'hotspot', que esteja a ser usado como base para estas investidas; > Auxílio as tropas no terreno no solicitado: CAS, MEDEVAC, ETC. Sem mais, O COMANDO
  20. 9 points
    SaLaZaR

    MINUSS

    OPERAÇÃO "UM DOIS E TRÊS QUATROS" Semana 1: Controlo da Rota 35 - Operação "MAD" Boa tarde Batalhão, No seguimento da Press Release acima, segue o Briefing para 11072019 e 12072019: A FND Armalusa irá ser destacada para o CAMPO CAMARÁ, na vila de Lawan Bachir, que irá ser a nossa "casa" durante as próximas semanas. A missão principal da OPERAÇÃO "UM DOIS E TRÊS QUATROS", será uma missão de 3 a 4 semanas, é a neutralização do tráfego de armas da zona centro do Sudão do Sul. O Tráfego de armamento o fornecimento de material bélico à população civil, é o "Core" do nosso trabalho nesta região. A população que se tem demonstrado contra estas milícias, têm sido mortas, raptadas e violadas. Existem relatos de muitas têm sido tidas como 'troféus' dos warlords. De acordo com a intel obtida na população local, tem havido uma entrada e saída de veículos anormal, de e para, Mimi, sendo um possível local de armazenamento de armas. Mimi foi durante muito tempo, um local famoso pelo fabrico e armazenamento de material de construção, mas sabe-se que foi tomado recentemente pela NAS (National Salvation Front). > Rangers "Charlie": - Investigar a possivel localização do armamento; - Caso se comprove essa evidência, neutralizar os hostis e reaver Mimi; - Destruir o possível armamento. > 1º Batalhão de Paraqueditas: - Na 1ª fase, Capturar Maloudi e Moustapha, cortando acesso de possível guerrilhas à nossa a àrea de Operações; - 2ª Fase: Deslocação para assegurar a Mesquita de Ari Boudoumiri e controlar a zona. > Comandos: - 1ª Fase: Capturar e assegurar Lawan Boukar, de forma a assegurar o flanco Este dos Paras - 2ª Fase: Controlar a vila de Ariboudoumari. >FA "JAGUARES": - Assegurar a vigilância do espaço aéreo da Área de Operações, com especial incidência a Norte - NW; - Assegurar MEDEVAC assim que solicitado. => Após controlo da Mesquita de Ari Boudoumiri, e Ariboudoumari, é necessário o ataque a Madairi. Madairi é desde à muito, conhecido como um reduto das milícia que controla esta parte do país. Solicita-se máxima precaução a esta localização. Imperativo manter as "infraestruturas intactas", de modo a localizar intel relativo à possível localização dos civis raptados.
  21. 8 points
    Raising

    Novo servidor da comunidade

    Pagamento efectuado. Saldo prévio no Paypal da AL: 145,82€ Foi usado 120€ (deixando 25€ lá para eventuais necessidades pontuais e actualização de plugins do forum / domínio da OVH). Até termos doações para cobrir o valor do investimento total, a STAFF fez o favor de pagar o restante montante (365.88€), sendo o dinheiro devolvido aos membros da STAFF assim que houver fundos disponíveis. A staff quer também agradecer mais uma vez por toda a gente que fez doações até ao dia de hoje. Sem o dinheiro não seria possível planearmos investimentos como estes. Para quem não sabia, diminuimos os custos do teamspeak de +/- 144€ anuais para 0€. O que nos deixa apenas com despesas (imprevistas) de actualização de plugins no fórum e do dominio na ovh (armalusa.pt custa 12€ ano).
  22. 8 points
    SaLaZaR

    MINUSS

    Boa tarde caríssimos, Esta semana iremos dar seguimento à campanha de estabilização a Norte do Rio Nilo Branco. Segue o Briefing para 15082019 e 16082019: 15082019: Logística Alpha: > Estabilização da localidade de Mandalari; > Patrulha da estrada a Sul, que segue para o Distrito do Sul. Bravo: > Estabilização da vila da localidade de Mawa; > Patrulha da estrada a Sudoeste, que segue para o Distrito do Sul. Charlie: > Estabilização da vila da localidade de Masakali; > Patrulha para Sudoeste. Existem várias infraesturas estranhas detetadas pelo Satélite, solicita-se a averiguação do que se trata. JAGUARES: Vão ficar encarregues da logística das equipas no terreno. Irão definir a forma como querem inserir o material nas respectivas áreas de operações: Airdrop ou via Helicóptero. 16082019: Alpha: > Patrulha do Rio Nilo Branco, em direção a Oeste, de modo a investigar possíveis pontos usados para tráfico de ilícitos, e demolição dos mesmos; Bravo: > Controlo de Gouara; > Existe relatos de que na posição 022061, têm havido a estabilização de um ponto de extorção das milícias locais à população. Solicita-se cautela. Charlie: > Existem várias infraestruturas estranhas detectadas pelo Satélite, solicita-se a averiguação do que se trata. JAGUARES: > Solicita-se a permanência de um veículo aéreo médico, para socorro das tropas no terreno. > Auxiliar em CAS assim que solicitado. Sem mais, O Comando.
  23. 8 points
    Braz

    Reunião de staff 7/7/2019

    Boa noite Comunidade, Antes de mais, o Staff e o Support decidiu em reunião que, a partir de agora, todas as atas das reuniões assim como os eventos nos calendários das mesmas serão públicas, para que a comunidade tenha acesso aos assuntos debatidos em reunião de Staff. Propostas de promoção a Staff Propôs-se a promoção do elemento Jaws a Staff. Foi aceite por unanimidade do Staff, mas o próprio optou por ficar como membro de Support. Propôs-se a promoção a Staff do elemento Braz. Foi aceite por unanimidade do Staff. Propôs-se a promoção do elemento Luso a Staff. Foi aceite por unanimidade do Staff, mas o próprio optou por ficar como membro de Support. Estrutura do Staff A estrutura do Staff e as funções da mesma foram redistribuídas para contrabalançar as mudanças sucedidas. Documentos de Staff Foi entregue aos elementos Pedro, Braz e Jaws a função de rever as regras da comunidade para albergar a nova estrutura militar, assim como a elaboração do documento das regras do Staff. Eleição do novo Major Foi dada a possibilidade aos membros de se candidatarem ao cargo. Com a ausência de candidaturas, foi proposto ao elemento Salazar o cargo de Major. Tanto pela patente de Tenente, como pela antiguidade e pela disponibilidade do mesmo. A proposta foi aceite por unanimidade do Staff e o cargo foi aceite pelo elemento. Passa por isso a ser Major Salazar. Em relação ao Soldado José Ao Soldado José, foi-lhe deixado os cursos aos quais ele participou na avaliação, como estipulado no artigo 11° do regulamento da comunidade. Curso de Piloto Foi consultado o Capitão da Força Aérea para tratar da questão do curso de Piloto. Chegou-se à conclusão que dado ao facto de ser uma função que requira sobretudo experiencia, o cadete passa por um período experimental, e é-lhe entregue o curso assim que o Capitão achar o cadete apto para tal. Formulário da comunidade Para fomentar o diálogo entre o Staff e a comunidade, foi aprovada em reunião de Staff a criação de um formulário, que será fornecida entre cada campanha, para que a comunidade possa dar a opinião em relação à campanha. Servidores e questão financeira Dada a falta de resposta do elemento Micronx, a questão dos servidores e questões financeiras ficaram em Standby.
  24. 8 points
    J. Gomes

    Fim do Mandato

    Para melhor esclarecimento, A minha saída do posto de Major não significa que vou deixar a comunidade, antes pelo contrário, vou continuar a vir todos os 3 dias de jogo e de vez em quando ainda vou fazer uma missões ao sábado. Saio porque após 2 anos com este projeto, (começou com a op. Gerbil em Agosto de 2017) está na hora de dar lugar a outros que também têm trabalhado muito em prol da comunidade, saio porque tenho menos tempo para dedicar fora do tempo de jogo, muitos de vocês não sabem, mas é preciso algumas horas dedicadas por trás de tudo o que vocês veêm, horas que neste momento não tenho, e que interfere com as horas que dedico á minha familia, e também saio porque estou cansado, tenho tido uns problemas de saúde ultimamente que me têm deixado um pouco apreensivo e com pouca paciencia para os problemas que vão aparecendo, por isso é melhor para todos eu me afastar de Major pois a comunidade continua a precisar de um bom ritmo de novo conteudo e ideias, felizmente a comunidade tem um grupo de staffs dedicado e que têm tudo controlado, pois não são "José dependentes" e como ao contrário do que me dizem por vezes, eu não sou um ditador nem estou agarrado ao poder...mas estarei sempre aqui quando precisarem.
  25. 8 points
    Rckiller

    Reunião Aberta a Membros!

    Caros Camaradas, amigos e membros Armalusa! O staff irá realizar uma reunião aberta a todos os membros no próximo sábado dia 11 de Maio pelas 22H! Esta reunião tem como principal objetivo ouvirmos DO VOSSO LADO as vossas opiniões sobre os diferentes pontos existentes na comunidade Armalusa, isto é: A comunidade Armalusa Utilização dos servidores públicos - FOG of War. O Exército Armalusa! A reunião pode durar 5 minutos como 5 horas, estamos lá para vos ouvir! Todas as opiniões são validas! Apareçam!. Precisamos de ajuda para a comunidade! Clica neste link para saberes mais
  26. 8 points
    J. Gomes

    Guerra em Donbass

    O INICIO....
  27. 8 points
    J. Gomes

    Guerra em Donbass

    População de origem russa no leste do país começou a protestar em massa pedindo a secessão das regiões de Donets da Ucrânia. Bairros de Donetsk e Lugansk são controlados pelos manifestantes. A maioria russa pede mais autonomia e um governo regional mas foram ignorados pelo governo de Kiev. O Movimento pró-Rússia proclama a criação da República Popular de Donetsk. Vinte dias depois, foi a vez de Lugansk declarar a sua independência e proclama a República da região. O líder separatista ucraniano Vyacheslav Ponomaryov rejeita negociações sobre libertação de sete inspectores da OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa) enquanto vigorassem as sansões da U.E. contra personalidades públicas russas e ucranianas. Governo de Kiev ordena as suas forças armadas a lançar operações "anti-terrorismo" no leste, tentando reverter o processo de independência em Donets. Milícias pró-Rússia fortemente armadas tomam controle de várias cidades e edifícios públicos. O governo ucraniano passou a acusar a Rússia de instigar os separatistas e armá-los. Várias unidades do exército da Ucrânia baseadas em Donets ou se renderam ou espontaneamente mudaram de lado e passaram a apoiar os rebeldes. O Leste caminha para uma guerra civil. Yevgeni Moravich, AAN WORLD NEWS, UCRANIA UN decide ajudar a Ucrania, face aos ultimos acontecimentos, intervenção Russa motivou a decisão conjunta da NATO e UN em intervir militarmente e garantir soberania da Ucrania, PORTUGAL é a 1º a enviar tropas para o local, com partida prevista para dia 14 de Março, a AAN NEWS sabe que a BRR já se encontra em fase de aprontamento para esta Operação, Base Portuguesa deverá ficar na região de Kharkiv. Yevgeni Moravich, AAN WORLD NEWS, UCRANIA
  28. 8 points
    Homer

    Airsoft - Op. Walk in the Park

    Obrigado a todos pela presenças e aos fotógrafos que andaram pelo campo. Irei fazer o download de todas as fotos para criar um álbum do evento na página da equipa. Será também criado um mapa com a movimentação das facções!
  29. 7 points
    SaLaZaR

    Evento Internacional: "OPEX MALDEN" by R3F

    Bom dia pessoal, Com o término da votação, informamos que a data do evento será a 30/11/2019, intel disponibilizada: " Olá ARMALUSA, Para informação A carta será MALDEN. A missão, provavelmente, será baseada em tomar cidades com toda a logística militar entre cada cidade. Tudo dependerá, é claro, do número de jogadores. (...) Atenciosamente. " Mais informações brevemente.
  30. 7 points
    76Jaws

    MARCAÇÕES NO MAPA

    Boas, Ontem, no treino, tivemos uma formação sobre marcações no mapa. Houve a necessidade de uniformizar a simbologia e nomenclatura usada no mapa para que todos "falem a mesma língua". Muitas vezes as marcações são feitas para outra ou outras equipas sejam informadas daquilo que podem esperam quando vão para o terreno e é imperativo que quem lê as marcações saiba o que é que significa cada uma delas, sem necessidade de comunicações via rádio para esclarecer as mesmas. Deixo aqui o link do vídeo da formação que foi dada. NOTA: Ao min. 31:59 em resposta à questão do AceVentura (Se eu vir uma offroad com infantaria atrás, como é que marco?), cometi um erro em afirmar que a marcação seria como uma technical mais infantaria. Sendo que antes expliquei que a marcação de um veículo não armado seria VIC e uma Technical seria TECH, em que se assume que esta marcação tem implícita a existência de uma MG estática montada atrás, logo, uma offroad com infantaria atrás não se pode denominar como TECH mas sim como VIC. Daí que, a resposta correcta à pergunta seria, a marcaçao é feita como VIC INF. Se se souber o número de infantarias que vai na parte de trás marcar-se-ia por exemplo, VIC 6xINF.
  31. 7 points
    PeterSang

    3º Curso de Médico

    Parabéns aos participantes do 3º Curso de Médico da Armalusa.
  32. 7 points
    J. Gomes

    MINUSS

    Boas Camaradas, Recebemos ordens do responsável máximo da missão da ONU no Sudão do Sul, para nos aprontarmos o mais rápido possivel, pois o País está á beira da rutura total. Sensibilizado, o nosso comandante supremo das forças armadas o Sr. Presidente acabou de dar a ordem á F.A. para preparar o C130 e levar-nos ainda esta noite para o Sudão do Sul. Assim sendo é fundamental estarem todos prontos ás 22h pois será essa a hora do voo! Boa sorte!
  33. 7 points
    J. Gomes

    Guerra em Donbass

    Comando Chegámos a meio do nosso destacamento, e podemos afirmar que estamos onde era suposto estarmos nesta altura, temos sob controlo metade da zona dos separatistas e resta-nos agora rumar a sul para a 2°metade, Mas nunca esquecendo a metade que vai ficando nas nossas costas. Tivemos algumas baixas nestas semanas, perdemos cerca de 30 militares e alguns veiculos entre os quais se destacam os F16, humvee, e mais um ou outro, mas no final o que interessa é conseguirmos atingir o objetivo final, que é libertar o povo Ucraniano desta ameaça. 2°feira é dia de treino e vamos aproveitar para termos uma palestra entre todos, já o fizemos uma vez no Hebontes. Iremos rezumir a nossa campanha até aqui, falar um pouco do que nos espera, e depois todos terão voz para opiniar sobre o que gostariam de melhorar nas nossas campanhas e ainda dar ideias para uma futura campanha (realista), ou outras coisas que achem importantes. Obrigado a todos por manterem a nossa assistência entre os 32 e os 35 membros, é sinal que caminhamos no caminho certo e também que são os homens certos para os lugares certos. Aproveitem os feriados para descansar porque a 2°metade da campanha vai ainda ser mais dura. Major J. Gomes
  34. 7 points
    F1CT1C10U5

    RCKiller em acção

  35. 7 points
    PCanas

    2° Almoço Armalusa

    Só para esclarecer: aquela foto "onde não aparece ninguém", é a foto da Recon.
  36. 7 points
    Blackjagg

    Airsoft

    Boas Malta vou vos deixar o meu primeiro teste de vídeo de airsoft! As câmaras não são pro... tenho mesmo que me render às Gopro e à Scopecam... não coloquei áudio porque estava desfasado com a imagem, outra cena aborrecida das câmaras "baratuchas". Foi um treino no campo dos MAC - Milicia de Airsoft de Coruche . Malta 5 estrelas! O objectivo do jogo era roubar a bomba e sair. Fiquei a liderar 2 pessoas. O plano era simples eu encaminhava os 2 homens para a bomba enquanto um outro fazia de distracção ao inimigo.
  37. 7 points
  38. 7 points
    J. Gomes

    Resultados 2º Curso de AT

    NOTA: AceVentura teve 90% e não 100% mas é aprovado na mesma!
  39. 7 points
    Pidukes

    Jogo de Airsoft Armalusa

    Bom dia, Em directo do Havoc 5. Eu e o Blackjagg. Falta-me o patch da Armalusa. Aguardo aquisição
  40. 7 points
    BrunoDG

    mensag10.jpg

    @Rckiller @Cbo Adj Phabio @Cap. José @sneek @capa @Asy @Mr.maggoo @Darkbeast @MChelio @Vhmagro
  41. 7 points
    Dark_Jak

    Operação UNAMA

    Depois de muita pesquisa e analisar bem as fotos recolhidas, já enviei o meu relatório ao comando central. E vocês peçam para que ele não veja esta foto.
  42. 7 points
    PeterSang

    DSC_0309.jpg

  43. 7 points
    PCanas

    Airsoft - Op. Walk in the Park

    314 FOTOS (Não editadas. Algumas estão escuras, outras estão claras, mas no geral dá para ver. Quando tiver editadas faço upload)
  44. 6 points
    SaLaZaR

    OPERAÇÃO WHITEGULF

    Message Nº. : ALOC(2019)02 Dtg : 261459 Z OCT 19 From: : ARMALUSA OPERACIONAL COMMAND To : MORCEGO; LINCE; LOBO; JAGUAR Precedence : S E C R E T Originator : ALCO MAJ.SALAZAR Reference : ALOC SITREP02 OPERATION WHITEGULF 1. Update na Operação WhiteGulf 1.1. Operação patrulha 241459 Z OCT 19 1.1.1. Na sequência da missão de logística e patrulha de 241459 Z OCT 19 , após contacto com a população local, foi-nos indicado de que forças hostis estariam presentes perto das bombas de abastecimento na POS.085172. 1.1.2. A FND Armalusa foi destacada para patrulhar a estrada principal que passa nessa zona, de modo a confirmar essa presença. 1.2. Patrulha da estrada, compreendido entre as POS.085172 e POS.105182 1.2.1 Foi destaca a LINCE para posição de vigilância da estrada, nas serras a Norte da mesma, uma viatura PANDUR II a cargo do MORCEGO e 3 viaturas HUMVEE a cargo do LOBO. 1.2.2 Na posição inicial de patrulha, nas bombas de abastecimento na POS.085172, apenas se verificou população civil, sem qualquer ameaça. 1.3 Após contacto visual da JAGUAR e do LINCE, confirmou-se presença hostil, na POS.105182, pelo que se dirigiramm para aquele ponto, para controlo da área. 1.3.1 Foi neutralizada uma viatura tipo IFV "BTR", assim como uma viatura ligeira tipo "pick-up", com metrelhadora pesada M2, assim como diversos indivíduos apeados. Não se verificaram baixas nas forças da Armalusa. 1.3.2 No decorrer do controlo da POS.105182, foi detetado pelo LINCE, uma viatura armada, a deslocar-se pela estrada a Norte da AO, em direção às forças no terreno, sendo prontamento neutralizada pelo PANDUR II. 1.4 Foi dado início à patrulha da estrada que se dirige para norte da estrada da AO da Armalusa, de modo a confirmar a origem do veículo armado. 1.4.1 Na sequência da tomada de posição nas montanhas a norte, a LINCE teve contacto forças hostis junto a uma posição de vigilância. Foram neutralizadas diversos indivíduos armados. 1.4.2 Foi detetada também uma base inimiga com diversa infantaria, assim como uma posição anti-aérea, que foi capturada e destruída com recurso a explosivos. 1.4.3 Foi dada ordem para avanço dos veículos por essa mesma estrada, onde se verificou haver uma viatura ligeira tipo "pick-up", com metralhadora pesada M2 e uma viatura tipo IFV "BTR", que foram destruídas pelo PANDUR II. 1.4.4 Na sequência do avanço pela estrada a norte, confirmou-se haver uma exploração ilegal de minério, que mais tarde, se verificou estar a ser controlado pelas forças da ELN. 1.4.5 Foi dado início ao assalto, que resultou na destruição de diversas viaturas ligeiras armadas, assim como um número ainda por determinar, de guerrilheiros da ELN. 1.4.6 Resultou do assalto, vários feridos na FND Armalusa, e a morte de 3 soldados. 1.4.7 A lamentar também, a perda de 2 Pilotos, resultante de um acidente de aviação, na colina a SE da AO, enquanto participavam em acção MEDEVAC. 1.5 Foi recuperado um civil capturado, e extraído por helicóptero - trata-se de José Hernandez, dono da bomba de combustível onde estavam as forças do ELN. Foi raptado à dois dias atrás e mantido em cativeiro para extorsão.
  45. 6 points
    Chamou-me a atenção que temos já multiplos membros quer a stremar/gravar as nossas missões Armalusa. Eu próprio ja tenho várias horas de video no youtube só de missões das campanhas armalusa A minha sugestão é a seguinte: usarmos todas estas horas de video de varios membros para criamos pequenos videos (10 min ?) com highlights da campanha inicialmente, que depois se poderia tornar num projecto semanal com highlights de cada dia de missão. O objectivo principal, a meu ver, seria em duas partes: 1 - dar mais facimente a conhecer o que se passou durante a missão ás outras companhias (nem toda a gente tem tempo de ver 12 horas de streams), dando mais profundidade á imersão do jogo 2- usar os videos como ferramenta de divulgação da Armalusa, uma vez que muitos dos videos das streams são muito longos eu estou disponivel para ajudar nessa tarefa, não tenho muita experiencia com edição de video mas tenho o hardware para o fazer neste momento ainda não tenho net para lidar com os downloads e uploads necessários mas quando tiver e apesar de ter tempo algo limitado era um projecto que gostaria de abraçar caso aprovem a sugestão se houver alguem que gostasse de participar com conhecimento de edição de video (ou não) poderiamos formar um pequeno grupo para aprendermos uns cons os outros de forma a permitir uma rtimo de edição mais rapido.
  46. 6 points
    Rckiller

    F1 2017

    Apresento a todos um pequeno website com as cenas. É feito por amadores, simplesmente para ter tudo organizado,mais engraçado e de fácil e rápido acesso Não sou expert nem designer informo desde já! XD https://formulalusa.wixsite.com/home Vai ser atualizado o mais rapidamente possível
  47. 6 points
    J. Gomes

    Guerra em Donbass

    Camaradas, Nova missão, desta vez na Ucrania. Como sabem a situação na Ucrania está descontrolada e o governo provisório pediu ajuda aos Paises Europeus, o exército Ucraniano está debilitado tem sofrido várias baixas e debandadas para o outro lado da barricada, e como se tudo isto não chegasse a Russia está por trás de tudo. MISSÃO: "GUERRA EM DONBASS" Local : Ucrania Data prevista de chegada : 14.03.2019 Objetivo da Operação : Libertar as regiões de Donetsk e Luhansk dos Rebeldes Destacamento BRR : 1º Companhia de Comandos 21º Companhia de Paraquedistas C.T.O.E. Esquadra 201 Falcões Logistica Requesito o seguinte material militar: Veiculos terrestres 10 carros de combate (Leopard) 6 M60 15 Pandur´s 15 M113 12 Humvee 1 Camião de Repair 1 Camião de Rearm 2 Camiões de Refuel 4 Unimog F.A. 4 Merlin´s 2 Lynx´s Transporte 4 Lynx´s CAS 6 F16 2 Planadores Reconhecimento Infantaria 6 Caixas de reabastecimento de material de combate 8 caixas de material médico 4 caixas de rearm para os veiculos Mais informação irá ser dada brevemente no treino e posteriormente neste post. MECANICA DO SERVIDOR Hora de jogo: a partir desta campanha as horas de inicio de movimentações dos militares irá ser ás 22h em ponto, quem chegar mais tarde terá que esperar por transporte, se não estiverem no mesmo local que os restantes menbros da vossa equipa, terão que esperar por transporte, devem comunicar no RÁDIO e tentar a todo o custo não escrever em Side/Global Channel, só deverão ir para a sala do TS "INGAME" quando já estiverem no servidor, ou se por acaso por qualquer outro motivo tenham que mudar antes de entrar no server, NÃO se pode falar pois todos vão escutar, assim como quando tem de sair mais cedo, também não devem falar, nós sabemos que querem dizer boa noite mas não digam, ninguém vai levar a mal, antes pelo contrário. Leiam as regras que está no forum na TAB da comunidade, tem lá toda a informação relevante em relação a toda a comunidade, e sobretudo em relação a streams no servidor, os settings do servidor vão ser iguais á ultima campanha e aos treinos, se morrerem NÃO façam respawn, há médicos em todas as equipas que vos podem curar, deem-lhes essa oportunidade, se por acaso morrerem mesmo (virtual) e spawnarem na base aguardem por transporte e não peguem em nenhum veiculo para sair da base, não estão autorizados a faze-lo, aguardem pela F.A. que assim que possivel eles irão vos apanhar, terão que ser pacientes, todos tem um papel no terreno e ninguém vai ficar á espera que alguem morra, para vos trazer. 21.30h server start 22h inicio 5º Feiras 21.30h - 23.59hmáx. (pode acabar mais cedo mas nunca pode passar do limite) 1 das Squads faz logistica (com F.A. possivelmente) cada semana é uma Squad diferente, as outras 2 SQ. vão realizar pequenas tarefas como patrulhas, defesa de postos etc... sem impacto na historia da campanha Planeamento entre os Squad leaders e H.Q. 6º Feiras 21.30h - 01.00h máx. (pode acabar mais cedo mas nunca pode passar do limite) post do briefing da missão quando for necessário Missão principal Debriefing: TS/server com as equipas separadas, e de 2 em 2 semanas debriefing com todos. de preferencia não fazer debriefings no fórum, quem não puder ficar para o debriefing e tenha alguma coisa a dizer pode faze-lo usando o forum da equipa ou nos treinos de 2º feira. Debriefing é a opinião de cada um e todas as opiniões serão respeitadas, desde que se mantenha num padrão de respeito. Diversão: o nosso trabalho é proporcionar-vos bons momentos na comunidade neste caso no jogo Arma 3, todos gostamos de ter o nosso momento mais relaxado, contudo peço-vos que no servidor mantenham um nivel elevado de concentração e respeito por todos os intervenientes, lembrem-se o que pode ser engrassado para voces pode não ser para o vosso colega do lado. Dificuldade: a próxima campanha terá a dificuldade máxima, aliada ao facto de irmos combater uma força militar esperem muitas dificuldades e algumas baixas, mas não desesperem só morremos virtualmente. Espero também no decorrer deste ano bater o record de assistencia, pode ser que seja já nesta campanha. Obrigado! LISTA DE MODS STEAM COLLECTIONS - https://steamcommunity.com/workshop/filedetails/?id=1669973380 OPCIONAIS - https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1669986236
  48. 6 points
    Pidukes

    Jogo de Airsoft Armalusa

    Os donos do Mato
  49. 6 points
    76Jaws

    Operação UNAMA

    Boas, Pela segunda vez consecutiva não consegui estar presente no último dia de uma campanha. Como tal venho aqui deixar a minha opinião sobre o que vi do conjunto das equipas. A missão iniciou-se com a movimentação das equipas às posições para o inicio do ataque e logo aqui tive a primeira reacção de levar as mãos à cabeça. Não houve azar nenhum, correu tudo bem mas podia ter corrido muito mal e comprometido todo o plano. Refiro-me ao facto da equipa Bravo e Charlie para se posicionarem escolheram percorrer a estrada que estava virada para a cidade que íam atacar e com perfeita visibilidade para a cidade. O problema é que da cidade também havia perfeita visibilidade para a estrada. Tiveram muita sorte de os Bots serem burros e não terem aberto as hostilidades logo aqui, o que tinha comprometido todo o plano de ataque. Depois não encontro explicação possível para o comportamento dos Falcões no início do ataque. Segundo o planeamento feito seriam eles os primeiros a abrir fogo. Todas as equipas estavam dependentes dos Falcões para iniciar o ataque. Infelizmente, pela segunda vez, falharam. A primeira vez foi uma falha legítima, sendo que não conseguiram acertar no alvo nas primeiras tentativas. Desta vez, o erro foi de procedimento e não de perícia. A AA estava bem identificada. Tinha ficado falado que iria um jacto a grande altitude fazer o ataque à AA. Os Falcões decidiram aparecer no terreno com um Apache. Tudo bem, não vejo que seja um problema. O erro foi, como todos sabem a aproximação do Apache a velocidade de andarilho à cidade. Aqui é que não há explicação possível que justifique esta manobra. Certamente quem o fez já se justificou e já levou o devido raspanete, por isso não me alargarei mais sobre este ponto. No entanto, não percebo como é que ninguém, que eu saiba (não vi o lado do comando), não comunicou de imediato com o piloto a informar que estava demasiado perto e ordenar que se retirasse imediatamente. O que eu vi das 3 equipas é que todos ficaram a olhar para o céu e a comentar que o Apache estava muito próximo e a voar muito devagar mas ninguém foi capaz de avisar o piloto disso mesmo. Como todos os planos correm bem até ao primeiro tiro, a consequência do abate do Apache levou à necessidade de socorrer os respectivos pilotos. O Comando deu ordem à equipa Alfa (que era a que se encontrava mais próxima do Crashsite). Claro inevitavelmente acabaram por se expor ao inimigo e abriram as hostilidades. Como consequência e porque todos sabem como os bots reagem, quase toda a cidade em peso se direccionou para o sector da Alfa. Sou da opinião que neste momento o Comando podia ter optado diferente do que se fez. Sabendo à partida qual a reacção dos bots, teria sido mais seguro ordenar a Bravo e Charlie abrirem fogo, ou da posição que estavam ou avançavam um pouco até uma posição confortável. Esperar que "a cidade" se voltasse para as duas equipas para depois, aí sim, ordenar a Alfa resgatar os pilotos. Assim eram duas equipas a aguentar a vaga de inimigos e não apenas uma equipa. A Alfa foi formidável e aguentou muito bem a vaga de inimigos sozinha mas podia ter corrido muito mal. Arriscou-se a uma equipa ser toda abatida. De resto, de forma geral, todas as equipas procederam bem, não houve acidentes de maior gravidade. Algumas baixas esporádicas mas nada que não fosse resolvido rapidamente. Alguns pormenores que notei falarei directamente com os respectivos Squad Leaders, simplesmente porque são pequenas falhas de procedimentos internos das equipas. Nada de mais. Para terminar deixo aqui um conselho para a equipa Falcões (toda a equipa, não é só para o piloto do Apache) : Sei que têm a dupla função de F.A. e Zeus. Garantam que a vossa execução como F.A. está aprimorada antes de se concentrarem na função de Zeus. A vossa função como F.A. está primeiro. Corrijam-se as falhas e garantam que pelo menos essas não se voltam a repetir.
  50. 6 points
    J. Gomes

    Guerra em Donbass

    Dissolução da União Soviética. Leste da Ucrânia é favorável a relações com a Rússia. Resto do país defendia integração com o Ocidente.
×
×
  • Criar Novo...